Estudantes da rede estadual realizam 3ª Mostra de Artes Visuais

Um conjunto de 99 obras de estudantes da rede estadual de ensino compõe a 3ª Mostra de Artes Visuais Estudantis (AVE), que será aberta, nesta quarta (15/12/2010), às 16h, na sede da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, no Centro Administrativo. Na ocasião, o trombonista/saxofonista curitibano Fabrício Dalla Vecchia, radicado na Bahia, fará uma apresentação. A exposição poderá ser visitada pelo público até o dia 20 deste mês.
O AVE está entre os cinco projetos de arte-educação mais importantes do País, selecionado pelos ministérios da Educação e da Cultura, e pela Organização dos Estados Ibero-americano e Caribenho. “Estou na maior expectativa. Se eu for classificado será uma maravilha. O que mais importa, no entanto, é a chance de mostrar meu trabalho, o que já é uma grande emoção”, declara um dos concorrentes, Murilo de Jesus, 14 anos, que, junto às colegas Tamillys Oliveira e Laís Queiroz, assina o quadro Africanidade baiana. Os três são estudantes do Centro Educacional 30 de Junho, em Serrinha.
O estudante Gabriel Silva, 18 anos, aluno do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Alagoinhas, que concorre com o desenho em grafite Cuba Libre, diz que está com um pouco de esperança de ganhar. “Tem tanta gente boa disputando, quem sabe eu não sou um desses? De qualquer forma, só em estar ali entre os 99 já é muito legal”.
Técnicas variadas
Usando linguagens artísticas e técnicas variadas, os estudantes abordaram a complexidade e a diversidade da vida cultural. Nas obras, eles retratam a beleza natural do universo como o mar, os rios, o sol, as matas e as florestas, e o cotidiano da vida social em cenários urbanos e rurais de lugares reais e imaginários.
“Suas artes são o retrato da vida, da crueldade e da tirania. Dos desejos, dos sonhos, dos sentimentos, das ‘viagens’ e das visões da criação. Da liberdade e de caminhos e horizontes”, descreve a coordenadora de Projetos Intersetoriais, Nide Nobre.
Promover um ambiente educacional prazeroso, estimulando o processo de embelezamento e estetização da escola e da vida, por meio da produção artística estudantil, ressalta a coordenadora, é um dos objetivos do AVE, que, anualmente, envolve mais de um milhão de estudantes da rede estadual. A promoção de exposições de seus trabalhos aumenta a autoestima dos estudantes, favorecendo a sua transformação como cidadão.
Envolvidos 
O AVE é uma experiência pioneira, de caráter educativo, artístico e cultural como parte integrante das políticas culturais para a juventude estudantil, que a Secretaria da Educação do Estado da Bahia vem realizando, desde 2008, para a promoção das diversas linguagens artísticas no currículo escolar.
Concebido a partir de uma perspectiva de interagir, por meio das linguagens artísticas, o projeto envolve estudantes da 5ª série do ensino fundamental à 3ª série do ensino médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos, Ensino Normal e Tecnológico), além dos professores (língua portuguesa, arte e disciplinas afins), os coordenadores pedagógicos, técnicos e diretores das escolas e Diretorias Regionais de Educação (Direc’s).

Em suas distintas fases, o AVE aconteceu este ano em 398 municípios do estado. Participaram cerca de 700 escolas, que promoveram inúmeras obras de artes visuais. Foram realizadas 700 exposições escolares e 33 mostras regionais nas respectivas Direc’s.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]