Equipamentos para construção de Parque Eólico na Bahia chegam a Salvador

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Está aportado no Terminal de Container (Tecon) de Salvador, o lote número um de equipamentos destinados à construção do primeiro Parque Eólico da Bahia, no município de Brotas de Macaúbas. A chegada destas peças marca as primeiras ações de energia eólica (a partir dos ventos) no estado, garantindo a continuidade da nova política energética do governo baiano.

“Trata-se de um marco inaugural para a energia eólica no estado, que deixa de ser uma perspectiva para se tornar uma realidade”, afirmou o representante dos assuntos de energia eólica da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (Sicm), Rafael Valverde, durante visita realizada ao Tecon nesta quinta-feira (23/12/2010).
O lote contém, no total, 45 pás (espécie de hélices gigantes) e 25 nacellis (motores) para a construção de aerogeradores. Os equipamentos ficam no terminal até o final de janeiro de 2011, quando serão devidamente transportados para Brotas de Macaúbas. Valverde explicou que o lote foi adquirido da fabricante internacional Alston pela empresa Desenvix – vencedora de leilão realizado em dezembro de 2009, que irá implantar e administrar o Parque Eólico, em Brotas de Macaúbas, mediante incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado.
Em investimentos privados, portanto, estima-se R$ 250 milhões iniciais. “Isso vai possibilitar a interiorização da cadeia de energia limpa, atraindo novas empresas e gerando cerca de três mil empregos diretos no estado”, destacou.
No total, serão construídos 18 parques eólicos na Bahia, dos quais três serão localizados em Brotas de Macaúbas e os demais espalhados nos municípios de Caetité, Guanambi, Casa Nova, Pindaí, Riacho de Santana, Licínio de Almeida, Morro do Chapéu e Sento Sé. A previsão é de que todos estejam em pleno funcionamento em setembro de 2012.
Brotas de Macaúbas
Com relação a este parque eólico, estima-se um investimento total, para implantação das três usinas com capacidade para geração de 90 MW de energia elétrica a partir da força dos ventos, de R$ 400 mil. As obras têm previsão para começar no mês de março e conclusão prevista para julho de 2011.
O segundo e último lote de equipamentos tem previsão de aportar no Tecon no início de janeiro de 2011, com mais 57 nacellis e 171 pás. O empreendimento confirma os estudos realizados há dez anos, que identificaram o grande potencial eólico brasileiro da região Nordeste, sobretudo na Bahia, nos arredores da Chapada Diamantina.
Este projeto foi viabilizado pela parceria entre o Governo do Estado e a Desenvix, que tem participação em empreendimentos de geração de energia elétrica em três estados brasileiros. A Desenvix foi uma das baianas contempladas no leilão de fontes eólicas, realizado em dezembro de 2009, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), vinculada ao Ministério de Minas e Energia.
Energia eólica 
A Bahia foi beneficiada com 18 projetos no leilão da Aneel, tendo o Governo do Estado assinado protocolo de intenção com as empresas cadastradas, com a finalidade de conceder incentivos fiscais e apoio logístico. Quando se iniciar a fase de operação, os parques eólicos irão acrescentar 390 MW de energia limpa e renovável à oferta estadual de energia elétrica.
“Hoje, cerca de 40 municípios baianos já estão envolvidos em algum tipo de atividade ligada à produção de energia eólica, que é limpa, sustentável e pode contribuir, ainda, para a diminuição de preços com relação às termoelétricas”, pontuou Valverde.
A geração de energia limpa no estado está estimulando a implantação de fábricas de aerogeradores, torres e componentes industriais para a nova indústria da energia produzida pelos ventos. Prova disso é a decisão das empresas internacionais Alstom e Gamesa de implantar, na Bahia, suas primeiras unidades industriais de turbinas eólicas.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113486 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]