Em discurso televisionado, Lula despede-se do governo e pede apoio a Dilma

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Rio de Janeiro, 23 dez (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se despediu dos brasileiros nesta quinta-feira em seu último pronunciamento oficial televisionado, repleto de frases emotivas e no qual pediu apoio à futura presidente, Dilma Rousseff.

“Peço a todos que apóiem ao novo presidente. Isso também significa prestar contas, é um estímulo para que queiramos fazer mais”, afirmou Lula em sua mensagem, que dirige anualmente à nação por ocasião das festas de fim de ano.

O líder desejou que, com Dilma, o Brasil se transforme em “um dos países mais igualitários do mundo” e fez previsões otimistas para o país com o futuro Governo.

“A minha maior felicidade é saber que vamos ampliar todas estas conquistas. Minha fé se alicerça em três fundamentos: as riquezas do Brasil, a força do seu povo e a competência da presidenta Dilma. Ela conhece, como ninguém, o que foi feito e como fazer mais e melhor”. declarou o presidente.

“Se governei bem, foi porque antes de me sentir um chefe de estado, me senti sempre um chefe de família, que sabia das dificuldades dos seus irmãos para colocar comida na mesa, para dar escola para seus filhos, para chegar em casa, todas as noites, a salvo dos perigos e da violência”, manifestou o governante.

Em tom agressivo com a oposição, Lula disse que seu Gabinete provou que se pode governar para todo o país, e não apenas para uma parcela da população.

“Se governamos bem, foi, principalmente, porque conseguimos nos livrar da maldição elitista que fazia com que os dirigentes políticos deste grande país governassem apenas para um terço da população. E se esquecessem da maioria do seu povo, que parecia condenada à miséria e ao abandono eternos”, acrescentou.

Depois, Lula enumerou uma longa relação de sucessos de sua gestão nos oito anos que ficou no poder, passando desde a economia até a área ambiental, na qual citou a conquista de ter moderado o ritmo de desmatamento da Amazônia.

Ele enfatizou principalmente a área das grandes obras de infraestrutura que, segundo ele, são símbolo da pujança nacional, num discurso acompanhado de vídeos esteticamente parecidos aos que o PT usou na campanha eleitoral de outubro passado, na qual Dilma foi eleita para o cargo presidencial.

Entre outros dados, Lula ressaltou que 28 milhões de pessoas saíram da pobreza absoluta e que outros 36 milhões de brasileiros chegaram à classe média no cômputo dos últimos oito anos.
Além disso, o presidente elogiou o principal programa de transferência de renda de seu Governo, o Bolsa Família, que, segundo ele, é “aplaudido e imitado mundo afora”.

“Saio do governo para viver a vida das ruas. Homem do povo que sempre fui, serei mais povo do que nunca, sem renegar o meu destino e jamais fugir à luta. Não me perguntem sobre o meu futuro, porque vocês já me deram um grande presente. Perguntem, sim, pelo futuro do Brasil! E acreditem nele”, destacou Lula.

*Com informações do Deutsche Welle

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108757 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]