Dilma Rousseff é diplomada presidenta e reafirma compromisso com a estabilidade econômica

Dilma Rousseff e Michel Temer foram diplomados, presidenta e vice-presidente da República, respectivamente, pelo Tribunal Superior Eleitoral.Dilma Rousseff e Michel Temer foram diplomados, presidenta e vice-presidente da República, respectivamente, pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Dilma Rousseff e Michel Temer foram diplomados, presidenta e vice-presidente da República, respectivamente, pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Dilma Rousseff e Michel Temer foram diplomados, presidenta e vice-presidente da República, respectivamente, pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Dilma Rousseff e Michel Temer foram diplomados, na tarde de hoje (17/12/2010), presidenta e vice-presidente da República, respectivamente, pelo Tribunal Superior Eleitoral. A diplomação é o último passo do processo eleitoral antes da posse dos eleitos, no ano que vem. Em discurso, Dilma reafirmou o compromisso com a estabilidade econômica e disse que vai trabalhar para honrar as mulheres, cuidar dos mais frágeis e governar para todos. Ela também fez referência ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao desafio que será sucedê-lo no cargo.

“Sei que há muitas expectativas sobre o governo que iniciaremos em janeiro próximo. Sei da responsabilidade de suceder Lula, dos desafios que nosso futuro comporta. Quanto orgulho temos de ver um homem do povo conduzindo o país para um momento de extraordinário avanço social e econômico. Foi esse mesmo sentimento que fez o povo eleger uma mulher presidenta. Para além da minha pessoa, esse fato representa a crescente maturidade da nossa democracia. Rompe com os preconceitos, desafia os limites e enche de esperança um povo sofrido e de orgulho as mulheres brasileiras”.

Dilma afirmou que dará prioridade para as áreas de educação, segurança e saúde e que cuidará para manter a estabilidade econômica e os investimentos. “Defenderei sempre a liberdade de imprensa e de culto, mas reafirmo que nenhuma estratégia política ou econômica é efetiva se não se refletir na vida de cada trabalhador e trabalhadora, empresário e famílias das regiões desse imenso país”.

A presidenta eleita finalizou o discurso dizendo que reparte o diploma com todos os brasileiros. “No Brasil, conto com todos e todas, e todos e todas podem contar comigo”.

Presidente do TSE deseja sucesso a Dilma Rousseff

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, parabenizou Dilma Rousseff e Michel Temer hoje (17/12) pela vitória nas eleições e os desejou “sucesso e felicidade” no cumprimento de suas funções. Lewandowski fez um breve discurso após a diplomação da presidenta eleita hoje à tarde no TSE.

Lewandowski manifestou a esperança de que os eleitos possam assegurar a todos os brasileiros “o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça, como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada em harmonia social”.

O presidente do TSE lembrou ainda que a diplomação é o mais alto momento do processo eleitoral, que só pode ser desconstituído por decisão judicial. “Ao outorgar diploma a Dilma e Temer, candidatos que se sagraram vencedores nas eleições, o TSE declara que ambos encontram-se legalmente aptos a tomarem posse”.

Dilma Rousseff e ministros de seu governo participam de cerimônia de diplomação

A presidenta eleita, Dilma Rousseff, o vice eleito, deputado Michel Ttemer, e os ministros indicados para integrarem o futuro governo estão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a cerimônia de diplomação.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não participa do evento, apenas comparecerá ao coquetel que acontecerá no Palácio do Itamaraty.

Foram convidados para a cerimônia 250 pessoas, e devido ao espaço restrito no plenário do TSE, que tem apenas 78 cadeiras, apenas 100 convidados presenciarão a diplomação de Dilma Rousseff e Michel Temer – outras 22 cadeiras precisaram ser colocadas no local. Os outros 150 convidados acompanharão a cerimônia no auditório do TSE, localizado um andar acima do plenário. O TSE prevê que o evento dure cerca de uma hora.

A diplomação atesta a vitória nas urnas e torna os políticos eleitos aptos a serem empossados no cargo. No caso da presidenta e de seu vice, a posse será no dia 1º de janeiro de 2011. Apenas a diplomação presidencial ocorre no TSE. Para os demais cargos, os tribunais regionais eleitorais realizam suas cerimônias. Hoje é o último dia previsto em lei para que a diplomação ocorra.

Dilma e Temer são homenageados no Itamaraty

Ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da primeira-dama Marisa Letícia, a presidenta eleita Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer chegaram há pouco ao Palácio do Itamaraty, onde estão sendo homenageados com um coquetel oferecido pela Presidência da República. A cerimônia é restrita a convidados.

Na chegada, os dois presidentes não falaram com a imprensa, apenas acenaram para os jornalistas e posaram para fotos. Segundo o Itamaraty, deverão participar do coquetel cerca de 800 pessoas. Foram convidados ministros do atual governo e os que já tiveram o nome anunciado para compor o primeiro escalão de Dilma. Também foram convidados representantes do Legislativo e do Judiciário.

O cardápio será composto essencialmente de comidas e bebidas brasileiras. Na entrada serão servidos canapés e, em seguida, lula e picadinho. Como é uma cerimônia oficial, os custos serão pagos pelo Itamaraty.

Mais cedo, Dilma e Temer foram diplomados como presidenta e vice-presidente da República pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]