Comitê do Topa escolhe os vencedores do Prêmio Cosme de Farias

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os integrantes do Comitê do Programa Todos pela Alfabetização (Topa) se reuniram nesta terça-feira (07/12/2010), às 9h, no Gabinete da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, para escolher os vencedores da segunda edição do Prêmio Cosme de Farias, que contou com 97 experiências inscritas entre educadores, prefeituras e instituições parceiras do Topa. Os nomes dos premiados serão divulgados durante a cerimônia de Certificação Topa, que acontece nesta sexta (10/12), às 18h, na área externa da Assembleia Legislativa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

“A ideia da premiação é destacar experiências inovadoras nesse processo de alfabetização no intuito de que sirvam de instrumento de estímulo e mobilização da sociedade na continuidade das novas etapas do programa”, ressalta o secretário da Educação, Osvaldo Barreto. Ele afirma ainda que o Topa deixou de ser um programa de governo para se transformar em um programa que mobiliza toda a sociedade baiana. “Contamos com uma grande participação dos municípios e também de entidades da sociedade civil organizada”, acrescenta.

Serão premiados aqueles que se destacaram durante a execução do programa em cinco categorias, de acordo com o Decreto 10.340/2007. O Comitê do Topa, formado por 15 representantes da sociedade civil, escolheram os vencedores nas categorias: Município, Entidade da Sociedade Civil, Alfabetizador, Coordenador de Turma e Tradutor-intérprete da Linguagem Brasileira de Sinais (Libra). Os primeiros colocados de cada categoria vão receber, respectivamente, R$ 40 mil, R$ 20 mil, R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 5 mil.

Integrante do Comitê, a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Aylana Barbalho, considera importante existir um prêmio que fomente as boas práticas do ponto de vista de uma intervenção pedagógica que possa se mostrar efetiva nesse processo de alfabetização. “O prêmio é mais um importante estímulo para fomentar essa ação. Além disso, contribui para fortalecer a autoestima de todos os envolvidos no processo, pois reconhece o esforço de cada um”, avalia.

Já o presidente da Central Única dos Trabalhadores, Martiniano Costa, que também integra o Comitê, considerou que a escolha foi difícil. “Todas as pessoas que conseguiram passar por este pente fino são dignas de receber o prêmio. Foi uma decisão difícil, por isso tivemos que estabelecer critérios. Mas, todos que chegaram até aqui podem sentir-se premiados”, disse Martiniano. Ele destacou ainda que, mais do que a recompensa financeira, o Topa premia a vocação, a dedicação e o compromisso de cada um em erradicar o analfabetismo.

Cosme de Farias – O Prêmio faz uma homenagem a um nome reconhecido por lutar em causas populares, assim como no combate ao analfabetismo. Entre os trabalhos desenvolvidos por Cosme de Farias, está a criação da Campanha do ABC, distribuindo milhares de cartilhas no País, em 1892, no início da República do Brasil, quando ainda tinha 14 anos. Já em 1915, criou a Liga contra o Analfabetismo. Criou e manteve durante mais de 60 anos quase 200 escolas para alfabetização de jovens e adultos.

Membros do comitê: 

Aylana Alves dos Santos Gazar Barbalho – presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE)

Antonio Joaquim Bastos da Silva – reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc)

Carlos Alberto Matos Vieira Lima – presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado da Bahia

Carlos André da Cruz Leandro – padre da Paróquia Nossa Senhora da Esperança, em Salvador

Dora Leal Rosa – reitora da Universidade Federal da Bahia

Jorge Portugal – comunicador e educador

Josemar da Silva Martins – professor da Universidade do Estado da Bahia (Juazeiro)

Luís Valter Lima – presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/Bahia)

Martiniano José dos Santos Costa – presidente da Central Única dos Trabalhadores

Maurício Corso – representante da Fundação Cultural de Ilhéus

Max Cunha – representante da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil

Nair Goulart – presidente da Força Sindical da Bahia

Saul Quadros Filho – presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/seção Bahia

Sylvio Simões – diretor executivo do grupo A Tarde

Valdir Conceição Tavares – representante dos Territórios Sul, Extremos Sul, Sudoeste e Médio Rio de Contas

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113652 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]