Centro Histórico de Salvador comemora 25 anos como Patrimônio da Humanidade

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Um quilômetro quadrado de extensão e uma tonelada de história. Objeto de inspiração dos mais importantes poetas. Refúgio dos mais belos monumentos, heranças do estilo barroco colonial. Esse é o Centro Histórico da Cidade de Salvador (CHS), que comemora, na próxima segunda-feira (06/12/2010), a partir das 14h, o jubileu do reconhecimento pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

A data comemorativa será celebrada durante o 4° Encontro de Acompanhamento do Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador, a partir das 14h, no Palácio Rio Branco. Estarão presentes no evento, o governador da Bahia, Jaques Wagner, o secretário estadual de Cultura, Márcio Meirelles, a coordenadora de Cultura da Unesco, Jurema Machado, dentre outras autoridades.
Há 25 anos, um dos sítios de maior valor urbanístico, arquitetônico e paisagístico do país ganhava o reconhecimento máximo do ponto de vista patrimonial. O Centro Histórico da primeira capital do Brasil recebeu o título por ser considerado um exemplo de estrutura urbana da Renascença e um dos principais pontos de convergência das culturas européias, africanas e ameríndias dos séculos XVI a XVIII.
Protocolo de intenções 
Durante o evento, será mostrado, em primeira mão, como serão os roteiros cicloviários do Centro Antigo de Salvador. A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), está à frente do projeto “Cidade Bicicleta – Mobilidade para Todos”, com o objetivo de desenvolver um sistema cicloviário que permita resolver e superar os deslocamentos em toda a cidade, com destaque para o Centro Antigo de Salvador.
O projeto aponta, num primeiro momento, a construção de nove estações, distribuídas nos seguintes locais: Campo Grande, Mercês, Piedade, Castro Alves, Praça Municipal, Terreiro de Jesus, Rua das Laranjeiras (Pelourinho), Campo da Pólvora e Colégio Central, no bairro de Nazaré.
Serão assinados durante o evento, três protocolos de intenções entre o Governo da Bahia, por intermédio da Secult/BA, e o Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), com a Caixa Econômica Federal (Caixa) e com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Bahia (Sebrae), em parceria com o Fórum Municipal para o Desenvolvimento Sustentável do Centro da Cidade. Estes acordos são premissas das propostas do Plano relacionadas ao fomento econômico e ao incentivo ao uso habitacional.
Maquete e exposição no Palácio Rio Branco
Aberta ao público desde o dia 10 de junho deste ano, quando foi lançado o Plano de Reabilitação do CAS, a exposição Centro Antigo de Salvador – A História do Brasil Vive Aqui já recebeu mais de 15 mil visitantes. Tamanho sucesso garantiu a permanência da mostra por mais quatro meses, ficando no Palácio Rio Branco até março de 2011. O Palácio também abriga a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.
Para marcar as comemorações do jubileu do reconhecimento do CHS como Patrimônio da Humanidade, a exposição contará com uma grande novidade. Será instalada, na mostra, um novo caleidoscópio de que possibilitará a visualização de um amplo acervo de fotografias da região do CAS.
Outra novidade, fruto da parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente de Salvador, é a instalação da maquete “Cidade do Salvador” nas dependências do Palácio. A peça permite uma visão global da capital baiana, representando a cidade numa escala duas mil vezes menor do que a realidade. O caráter tridimensional e reduzido confere à maquete o aspecto lúdico, que induz a passear o olhar e a imaginação pelas ruas e avenidas, identificando as edificações e monumentos tão bem conhecidos pelos soteropolitanos.
O Centro Antigo de Salvador (CAS) é a região contígua à poligonal tombada, com extensão de sete quilômetros quadrados, abriga 11 bairros, incluindo o Centro Histórico (CHS) e o seu entorno. Uma das funções primordiais do Escritório de Referência de Salvador, além da elaboração do Plano, é a articulação de parcerias para intervenções que beneficiem toda a região.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113514 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]