Ajuda para refugiados da Colômbia no Equador

ONU faz parceria com governos para melhorar condições de vida de mais de 52 mil colombianos.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, e o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, irão desenvolver um plano de ajuda para os refugiados da Colômbia no Equador.

Segundo comunicado, o pedido foi feito pelos ministros de Relações Exteriores dos dois governos.

Volta ao lar

O Equador é o país com o maior número de refugiados da Colômbia.

O plano dará suporte aos colombianos que decidam retornar ao país de origem e também criará medidas para melhorar as condições dos refugiados em território equatoriano.

Entre os benefícios estão acesso ao mercado de trabalho, serviços básicos de saúde, educação e moradia.

Dados do Acnur mostram que cerca de 53 mil cidadãos deixaram a Colômbia em direção ao país vizinho, por estarem em situações de risco.

*Com informações da Rádio ONU em Nova York

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]