A programação chula da TV brasileira

O baixo nível da programação da TV Brasileira está cada dia pior. O sensacionalismo a muito tomou conta das telas e trouxe com ele cenas e palavras chulas, em qualquer horário do dia ou da noite. Impropérios, depoimentos de pessoas que confessa no ar todo tipo de comportamento ínfimo, sempre voltado para o sexo, principalmente as que se referem à pedofilia e prostituição.

A apelação passou a ser a saída encontrada pelas emissoras, principalmente aquelas que passam por momentos de crise ou de uma programação saturada, como o Domingão do Faustão e o Fantástico da poderosa Rede Globo, que a cada domingo despenca, continuamente, nos índices de audiência.

Contudo as maiores baixarias da TV Brasileira são atribuídas aos programas Big Brother Brasil – BBB – da Rede Globo e Pânico na TV da Rede TV, onde a tônica do programa são os gestos obscenos, palavras de baixo calão, ridicularização de alguns participantes nos diversos quadros apresentados no programa onde toda atração é extremamente agressiva e apelativa, extrapolando os limites do popularesco.

Com certeza absoluta estes programas não acrescentam nada à cultura e nem colabora para aumentar o conhecimento dos telespectadores, na realidade ao contrário produz uma inversão de valores. Como poderíamos esperar um posicionamento diferente se em um destes programas, gravado ao vivo no Parlamento, nada mais nada menos do que o Senador da República, Eduardo Suplicy se apresenta vestindo a cueca por cima das calças e desfila como um paspalhão para agradar o público.

Mas a quem recorrer? De quem podemos esperar um comportamento antagônico, uma postura educativa, corretiva? Infelizmente os nossos Gestores – Federal, Estadual e Municipal – pouco investe em educação, o índice de analfabetismo é alarmante, cerca de 14.1 milhões (IBGE), e isso refletido através da programação televisiva. Tenha certeza absoluta de que a programação da TV brasileira permanecerá assim enquanto formos uma Nação de cultura sub desenvolvida.

*Por Alberto Peixoto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Alberto Peixoto
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.

Be the first to comment on "A programação chula da TV brasileira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*