Programa incentiva participação da comunidade no Mais Cultural

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Representantes dos ministérios da Cultura (MinC) e da Justiça (MJ), da Secretaria Executiva do Pronasci e das secretarias estaduais da Justiça e da Cultura promoveram na última sexta-feira (19/11/2010), oficinas preparatórias para mobilização de agentes multiplicadores para estimular a participação de pessoas das comunidades dos Territórios de Paz no edital ‘Microprojetos Mais Cultura’.

Iniciativa do Ministério da Cultura, em parceria com o Ministério da Justiça, o edital vai financiar projetos sócio-culturais de jovens artistas de comunidades de baixa renda e elevados índices de violência. Serão investidos R$ 10,7 milhões para beneficiar 700 iniciativas, com orçamento de até R$ 15 mil, em 44 localidades de 11 estados e do Distrito Federal, atendidas pelo Pronasci.

O coordenador executivo do Pronasci na Bahia, Cláudio Melo, lembrou que o programa tem o papel de envolver a comunidade na prevenção da violência. Para ele, a iniciativa dos dois ministérios, além de promover a inclusão social e contribuir para a redução da violência e criminalidade, ajudará na valorização das manifestações artísticas e culturais produzidas pelas comunidades.

Projetos sociais

Segundo o coordenador de Relações Institucionais da Secretaria Executiva do Pronasci, Mateus Motinho, a Bahia será contemplada com 41 projetos, sendo 17 para Salvador, 12 para Camaçari e 12 para Lauro de Freitas. Acrescentou que o Território de Paz foi implantado no local para reduzir a criminalidade por meio de políticas públicas de segurança articuladas a projetos sociais.

No Beirú/Tancredo Neves, em Salvador, são 13 ações coordenadas pelas Secretarias de Estado da Justiça, da Educação, Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Desenvolvimento Urbano, da Cultura e Trabalho, Emprego, Renda e Esporte. As ações também abrangem os moradores do Arenoso, bairro vizinho ao Beirú.

O projeto contempla jovens de 15 a 19 anos e as inscrições para o edital de ‘Microprojetos Mais Cultura nos Territórios de Paz’ podem ser realizadas até o dia 30 de dezembro deste ano.

Poderão se inscrever brasileiros natos ou naturalizados (pessoas físicas) com idade igual ou superior a 18 anos e pessoas jurídicas sem fins lucrativos, que não tenham sido contemplados em edições anteriores, e que desenvolvam projetos sócio-culturais.

Serão investidos R$ 10,7 milhões para beneficiar 700 iniciativas com orçamento de até R$ 15 mil em 44 localidades atendidas pelo Pronasci. Serão premiados os projetos que contemplem artes visuais, cênicas e integradas, música, literatura, audiovisual, artesanato, cultura afro-brasileira, popular e indígena, design e moda. Os projetos premiados deverão ser executados, no máximo, até agosto de 2011.

As inscrições podem ser efetuadas pela internet, através das páginas do Ministério Público, Pronasci e Mais Cultura, onde deve ser preenchido o formulário e anexados os documentos digitalizados descritos no edital.

Também podem ser feitas pelo Correio, mediante o envio do formulário de inscrição e termo de compromisso preenchidos e assinados, cópia do comprovante de endereço, RG e CPF, para a Secretaria de Articulação Institucional-Programa Mais Cultura, Microprojetos Mais Cultura–Territórios de Paz, SHIS QI 13, Bloco I, Loja 01, Lago Sul, Cep: 71.635-176|Brasília – DF. Mais informações pelo site Mais Cultura

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113585 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]