Brasil e Alemanha elogiam posição de Obama sobre Índia no Conselho de Segurança

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Ministro alemão do Exterior destaca cooperação com Índia na ONU. Lula cobra de Obama que abra o Conselho de Segurança a outros países. Paquistão acusa Índia de violar resoluções sobre Caxemira.

O ministro alemão de Relações Exteriores, Guido Westerwelle, saudou o anúncio do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de apoiar a Índia em seus esforços por um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

“Isso corresponde também à posição alemã”, assegurou Westerwelle nesta segunda-feira (08/11/2010), durante sua viagem pelo Oriente Médio. “Eu mesmo destaquei em minha recente viagem pela Índia a extraordinária cooperação com esse país nas Nações Unidas”, acrescentou.

Junto com Brasil, Índia e Japão, a Alemanha compõe o chamado G4, grupo que defende sua inclusão permanente no Conselho de Segurança da ONU. Em 2011, com Alemanha, Índia e Brasil, três dos quatro países do grupo estarão representados como membros não permanentes no órgão mais importante das Nações Unidas.

Lula quer que Obama assuma compromisso

Para o presidente brasileiro, Luis Inácio Lula da Silva, a posição norte-americana não é uma ameaça às pretensões brasileiras por um assento permanente no órgão da ONU.

Ao chegar a Moçambique, nesta segunda-feira, para uma visita de dois dias, Lula disse que o Brasil defende a participação da Índia como membro permanente do Conselho de Segurança, por fazer parte do G4. “Eu só espero que o presidente Obama faça agora desse compromisso com a Índia uma profissão de fé e consiga efetivamente abrir o Conselho de Segurança a outros países” afirmou.

Já o Paquistão, vizinho e rival da Índia, criticou a posição de Obama. Em Islamabad, o Ministério de Relações Exteriores do Paquistão acusou a Índia de “violações permanentes e evidentes” das resoluções da ONU sobre Caxemira, motivo pelo qual argumenta que a Índia não estaria em condições de integrar o Conselho de Segurança. A dividida região de Caxemira é motivo de conflito entre as duas potências nucleares há décadas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109955 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]