O Estado de S. Paulo é acusado de censura após demissão de colunista

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A demissão da psicanalista Maria Rita Kehl da função de colunista de O Estado de S. Paulo, depois de ter escrito um artigo sobre a “desqualificação” dos votos dos pobres no Brasil, gerou grande repercussão e acusações de censura ao jornal, como relata o Terra Magazine.

“Fui demitida pelo jornal pelo que consideraram um ‘delito’ de opinião”, declarou a psicanalista em entrevista ao jornalista Bob Fernandes. “Como é que um jornal que anuncia estar sob censura pode demitir alguém só porque a opinião da pessoa é diferente da sua?”

O artigo de Maria Rita, publicado um dia antes das eleições, elogia a tomada de posição eleitoral do Estadão – que manifestou em um editorial apoio ao candidato de oposição à Presidência, José Serra (PSDB). “Fica assim mais honesta a discussão que se faz em suas páginas”, diz o texto. O artigo também critica a “elite” que “desqualifica o voto dos mais pobres”, beneficiados por políticas sociais do governo Luiz Inácio Lula da Silva.

O diretor de conteúdo do grupo O Estado de S. Paulo, Ricardo Gandour, negou que a saída da colunista tenha sido por censura ao artigo – que, enfatizou, foi publicado integralmente, explica o Terra. Gandour afirmou que já havia uma discussão sobre a coluna, que, de acordo com ele, vinha fugindo da proposta de discutir temas relacionados a psicanálise e comportamento.

Leia +

CFP (Conselho Federal de Psicologia repudia demissão de Maria Rita Kehl)

*Com informações do Knight Center

 

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113505 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]