Ícone da Arquitetura Modernista Brasileira será tombado pelo IPAC

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O edifício Caramuru, construção modernista localizada no Comércio, Cidade Baixa, próximo ao porto de Salvador, de autoria do arquiteto carioca Paulo Antunes Ribeiro, deve ser tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) até 2011.

O projeto recebeu a menção honrosa na 1ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo (1951), é referência internacional em compêndios importantes como L’Architecture d’aujourd’hui (1952), na revista italiana Domus (1954), na Architectural Review do Reino Unido e no livro Modern Architecture in Brazil de Henrique Mindlin (1956), entre outras publicações.

Arquitetos, urbanistas e órgãos de patrimônio parabenizam a iniciativa do Ipac. “Esse prédio é ícone da arquitetura modernista no Brasil e uma referência internacional no nosso país”, comemora o professor da Universidade de São Paulo, doutor em Arquitetura e presidente do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico Cultural de São Paulo (Conpresp), José Eduardo Lefèvre.

Responsável pela política pública estadual de proteção aos bens culturais da Bahia, o Ipac está promovendo estudos e tombamentos de edificações modernistas, como uma ação mais global e inédita na história da Bahia. Durante décadas, prefeituras e seus conselhos de patrimônio, de cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, já vêm tombando edificações modernistas e art déco reconhecidas como patrimônios culturais edificados. Arquitetos destacam a ação do Ipac pelos ou proteção legal para edificações modernistas.

“Além do edifício Caramuru, realizamos pesquisas e tombamentos provisórios dos edifícios Sulacap e A Tarde, na Praça Castro Alves, Oceania no Farol da Barra e Hospital Aristides Maltez em Brotas”, relata a subgerente de Pesquisa Legislação Patrimonial do Ipac, Nara Gomes. O órgão auxilia ainda o tombamento do centro histórico da cidade baiana de Cipó que, segundo especialistas, tem o maior e o mais conservado conjunto arquitetônico e urbanístico art déco do Brasil.

Edifício Caramuru

O edifício Caramuru fica na rua da Grécia, nº 03, esquina com a avenida Estados Unidos. A construção teve a inovação de utilizar brise-soleils, que são grandes painéis cobertos por telas metálicas, distribuídos em planos alternados, garantindo leveza, fruição e movimento às fachadas do prédio, considerado como um dos itens da criatividade e beleza do projeto.

A partir de agora, com o tombamento, qualquer alteração no prédio tem que ser autorizada pelo Ipac. Com oito pavimentos, o edifício é servido por dois elevadores, dispondo de térreo com pé direito duplo e cobertura com terraço-jardim. Outras informações sobre tombamentos do Ipac podem ser obtidas através do telefone (71) 3116-6742, ou através do endereço eletrônico [email protected]

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112620 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]