Vídeos e publicações sobre patrimônio cultural são atrativos do encontro com 77 municípios da Chapada

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Com objetivo de informar e provocar mais diálogo entre as 77 prefeituras municipais e gestores culturais da Chapada Diamantina sobre os patrimônios materiais – edificações e obras de arte – e imateriais, que são as manifestações culturais intangíveis, a cidade de Morro do Chapéu, a 384 km de Salvador, sedia nos próximos dias 10 e 11 (setembro, 2010), apresentações especiais de vídeos documentários sobre Patrimônios Culturais da Bahia.

As exibições serão realizadas na sexta e no sábado (10 e 11), ininterruptamente, entre as 9 e 18 horas, no clube municipal na Avenida Senhor dos Passos, integrando a programação do Encontro de Gestores Municipais de Cultura que discutirá a Preservação do Patrimônio Cultural baiano nessa cidade. O evento é promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Morro do Chapéu. Participam 77 prefeituras dos territórios de identidade da Chapada Diamantina, Irecê, Piemonte da Diamantina, Piemonte Norte do Itapicuru e Velho Chico, além de gestores e produtores culturais, artistas, secretários municipais, técnicos estaduais, entre outros que formarão as platéias dessas exibições.

Além dos vídeos-documentários será montado um estande para a distribuição de folders, mapas e publicações já lançadas, como a série ‘Cadernos do IPAC’ e outros impressos da Diretoria de Museus (Dimus) do órgão. Dentre as publicações, está o livro ‘Pano da Costa’ que traz artigos de historiadores, sociólogos e especialistas, artistas plásticos e artesãos, que reconstroem e comentam a importância da história e método de tecelagem dessa peça têxtil, bem como um resgate histórico e homenagem ao mestre dessa arte, o baiano Abdias do Nascimento (1910-1994).

Repercussão internacional

Os vídeos do IPAC já alcançaram repercussão internacional, sendo exibidos pela TV Pública de Angola. A produção de documentários em DVD é uma ação do IPAC que atende ao decreto estadual nº 8.626/2003 que determina a promoção dos patrimônios culturais. Dos bens culturais intangíveis o IPAC já produziu, de 2007 até agora, documentários sobre Carnaval de Maragojipe, Festa da Boa Morte, Desfile dos Afoxés e Cortejo 2 de Julho. “Há três décadas os bens intangíveis não eram protegidos oficialmente, recaindo a salvaguarda para o patrimônio construído, mas hoje já existe percepção do poder público reconhecer a dimensão imaterial da cultura, que para além das festas, reúne ainda culinária, saberes e fazeres, entre outras manifestações tradicionais”, explica o diretor geral do IPAC, Frederico Mendonça.

O Instituto já produziu nove vídeos e todos serão exibidos no encontro de Morro do Chapéu. Dentre os temas dos DVD estão o artista Eckenberger, a mostra comemorativa dos 40 anos do IPAC, os 90 anos do MAB, o Desfile dos Afoxés, Duas Paisagens: Troca de Olhares sobre Cachoeira e São Félix, Festa da Boa Morte, Centro Histórico do Salvador e Cortejo 2 de Julho. Dentre as temáticas mais importantes do encontro, a coordenadora de Educação Patrimonial do IPAC, Ednalva Queiroz, destaca as legislações municipais, estaduais e federais sobre patrimônio cultural. “É um dos temas mais importantes para os gestores dominarem”, alerta a especialista. Mais informações sobre os vídeos documentários do IPAC são obtidas na Gepel, através dos (71) 3116-6741, ou no site www.ipac.ba.gov.br.

Encontro de Gestores Municipais de Cultura – Preservação do Patrimônio Cultural

Territórios de Identidade da Chapada Diamantina, Irecê, Piemonte da Diamantina, Piemonte Norte do Itapicuru e Velho Chico

Programação

Sexta, dia 10

19 h – Abertura (Secretário de Cultura da Bahia, Prefeitos Municipais)

20 h – Construção de um Sistema Estadual de Patrimônio → Arquiteto Frederico Mendonça (Diretor Geral IPAC)

Sábado, dia 11

9h – Patrimônio Cultural → Ednalva Queiroz (Coordenação Educação Patrimonial IPAC)

10h – Patrimônio Edificado → Arquiteta Ligia Galeffi (SPLP/DIPAC/IPAC)

11h – Educação Patrimonial → Ednalva Queiroz (Coordenação Educação Patrimonial IPAC)

12h – Almoço

14h – Patrimônio Arqueológico → Núcleo Bahia Arqueológica/UFBA

15h – Comunicações Municipais → Equipes apresentam trabalhos relevantes acerca do tema.

16h30 – Intervalo

16h30 – Comunicações Municipais → Equipes apresentam trabalhos relevantes acerca do tema.

17h30 – Avaliação das Oficinas realizadas nos municípios integrantes do Circuito Arqueológico da Chapada

18h – Encerramento

20h – Jantar de confraternização

Local: Clube Municipal – Avenida Senhor dos Passos, s/n – Morro do Chapéu

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122987 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.