Vaquejada em Serrinha resgata a força do homem sertanejo, gera empregos e injeta mais de R$20 milhões na economia regional

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Com mais de quatro décadas de festividades ao personagem simples do campo, a Vaquejada em Serrinha, a mais conhecida festa do vaqueiro no interior da Bahia, chega a mais uma edição com o mesmo objetivo de quando foi criada em 1979 por seus idealizadores Valdete Carneiro e Neném de Maroto: resgatar a força do homem sertanejo. Mais tarde, em 1998, para dar peso e importância a festança que não parava de crescer, os irmão Vardinho e Carlinhos Serra construíram o Parque Maria do Carmo em homenagem a sua mãe. Com estrutura que não deixa nada a dever a grandes campeonatos dentro e fora do Brasil, a vaquejada que acontece entre 2 e 5 de setembro de 2010, em Serrinha, a 173 quilômetros da capital baiana, chega a atrair um público de 200 mil ao parque com 175 mil metros quadrados (maior parque de vaquejada do Brasil). Principal movimentação cultural da região do sisal, os festejos servem também de injeção na economia local.

Os hotéis e pousadas da cidade tem ocupação de 100% de seus leitos com pacotes especiais para a ocasião. No rastro dos lucros, proprietários de casas que ficam ao redor do parque também colocam seus imóveis para aluguel. O comércio local não ficou atrás e com a aproximação da data os restaurantes melhoram seus cardápios, alguns com serviços 24hs. A agitação que muda a rotina da tranqüila Serrinha (com 75 mil habitantes) chega a gerar mais de 4 mil empregos diretos e indiretos e faz movimentar na região cerca de R$20 milhões. De fundamental importância em eventos do gênero, a movimentação e abertura oficial acontecem com a tradicional cavalgada na manhã de quinta (02) pelas principais ruías da cidade. Em seguida, na pista de montarias 2 mil duplas de peões disputarão o título de Campeão dos Campeões e concorrem aos R$200 mil em prêmios. Na grade de shows o Padre Fábio de Melo abre a programação na sexta a noite junto com a Banda Eva, Menina Faceira e Sutiã Rendado. No sábado a primeira edição da Festa Vaca Atolada promete atrair os fãs da percussão, do forró, do sertanejo e do pagofunk com a Timbalada, Calcinha Preta, Black Style, Fofokaê, Phaphirô e a dupla Vitor e Leo. No domingo o palco será do axé, do pagode e outros ritmos: a Festa do Boi Malandro terá as bandas Parangolé, Asa de Águia, Aviões do Forró, Chicabana e o cantor Paulo Góes.

Serviços

O que: Vaquejada em Serrinha
Quando: 2 a 5 de setembro
Onde: Parque Maria do Carmo, Avenida Valdete Carneiro s/n. Bairro Vaquejada, Serrinha – BA.
Tel: 75-3261-2695 / 3444 – www.vaquejadadeserrinha.com.br

Programação

Sexta – dia 3, a partir das 20h: Padre Fábio de Melo, Banda Eva, Menina Faceira e Sutiã Rendado
Sábado – dia 4, a partir das 13h: Timbalada, Vitor & Leo, Black Style, Calcinha Preta, Fofokaê e Phaphirô
Domingo – 5, a partir das 13h : Asa de Águia, Parangolé. Aviões do Forró, Chicabana, Carimbada e o cantor Paulo Góes

Empresas de ônibus – Terminal Rodoviário de Salvador:
Viação Regional – todos os dias às 5h40min; 8h e 16 horas. Tel: 71-3450-5544
Viação São Matheus – saída a cada 40 min. Tel: 71-3450-4976
Viação Santana – saída às 4h50; 7h20; 12h e 15h45. Tel: 71-3450-4951

Como chegar

* Partindo de Salvador, o motorista segue pela BR 324 até Feira de Santana. Ao chegar em Feira, deve seguir a Avenida de Contorto até o final do canteiro de obras do Anel Viário. A partir daí, entra na BR 116. Serrinha fica 33 km depois de Santa Bárbara

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109856 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]