Prefeitura de Feira de Santana inicia obras de recuperação da pavimentação asfáltica na região norte da cidade

Prefeitura de Feira de Santana dá início às obras de recuperação da pavimentação asfáltica na região Norte da cidade.
Prefeitura de Feira de Santana dá início às obras de recuperação da pavimentação asfáltica na região Norte da cidade.

As obras de recuperação da pavimentação asfáltica de vias públicas continuam avançando em Feira de Santana. Na região Norte da cidade, o serviço está contemplando também o bairro Baraúnas, com o recapeamento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) do principal corredor de tráfego do transporte para a localidade, a avenida Riachuelo.

O serviço de recapeamento asfáltico foi iniciado na tarde de quinta-feira (16/0/2010), na avenida, uma das artérias do bairro mais danificadas durante o longo período de chuvas que caíram na cidade. Após a conclusão do serviço nesta avenida, as intervenções prosseguem pela rua Petronílio Pinto, transversal que dá acesso ao bairro Sobradinho.

As melhorias estão sendo executadas pela Prefeitura de Feira de Santana, através da empresa Paisartt, vencedora de licitação pública, e supervisionadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano. Envolvem, além de vários operários, também caçambas, tratores, rolos compactadores e máquinas para aplicação do CBUQ.

Além do bairro Baraúnas, onde as obras devem ser concluídas na próxima semana, o Governo Municipal também está executando obras de pavimentação asfáltica no bairro Sobradinho. Nesta localidade estão sendo contempladas as ruas Arivaldo de Carvalho, Voluntários da Pátria, Bartolomeu de Gusmão, Voluntários da Pátria (Najé), trecho da avenida de Canal e também contemplará a rua Primavera.

Estrada em distrito encascalhada; Melhorias em Governador João Durval

Estradas de acesso à zona rural estão sendo encascalhadas visando a oferta de melhores condições de tráfego de veículos. Os serviços, desenvolvidos pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, estão concentrados no distrito de Governador João Durval, devendo contemplar inicialmente cerca de 20 quilômetros de estrada.

As intervenções foram iniciadas na manhã de quinta-feira (16), contemplando a estrada que liga a BR-116, na altura do quilômetros 14, ao povoado de Rumo, com uma extensão de cerca de quatro quilômetros. A previsão dos operários é de conclusão dos serviços até este sábado (18).

Em seguida, conforme o fiscal de obras Patrício Sales de Jesus Filho, os serviços prosseguem com o encascalhamento da estrada até atingir os povoados de Formosa e Santa Rosa e, de lá, até a Estrada do Feijão. São cerca de 20 quilômetros de extensão.

Para execução dos serviços estão sendo utilizadas cinco caçambas, uma patrol e mais uma pá carregadeira. A previsão é de serem consumidas cerca de 200 caçambas de cascalhos.

Para os moradores da comunidade, a manutenção periódica das estradas garante melhores condições para a vida do homem no campo. “A manutenção tem sido freqüente e em função disso sempre que ocorrem danos provocados por chuvas, o Governo Municipal recupera dando a devida manutenção”, frisou Pedro Marivaldo de Almeida.
Arte e Tecnologia no Parque do Saber

Exposição de esculturas de materias recicláveis de Ronaldo Lima

Cabos de aço, latas de refrigerante, correntes de motocicleta e bicicleta, dentre outros materiais considerados como sucata, deram origem a esculturas de diferentes personagens, que estão sendo apresentados na exposição Arte e Tecnologia, do artista plástico Ronaldo Lima. A mostra acontece no foyer do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo.

As esculturas foram produzidas através da solda de diversas peças de ferro-velho. “Lampião de Gás”, “O Colhedor de Ovos”, “Os Guardiões Cangaceiros”, “O Mendigo”, “A Vida”, “Dança de Roda”, “Banda Baraúnas”, “Nordeste e Tecnologia”, “Mesa de Bar” e “Corrida pela Paz” são algumas das esculturas expostas que valorizam o uso de materiais recicláveis.

Os estudantes do curso de Letras Vernáculas da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) visitaram o Planetário do Museu Parque do Saber e aproveitaram também para apreciar as esculturas. “É um trabalho riquíssimo, que preza pela reciclagem. Os personagens feitos com o uso das sucatas são perfeitos e bastante detalhados”, destacou a estudante Claudia Lima.

O espaço para exposições do Museu Parque do Saber é cedido gratuitamente aos artistas plásticos, com base na pauta de programações. De acordo com o diretor de Difusão Científica da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa, Basílio Fernandez Fernandez, não há restrições que impeçam o uso do espaço. “Preferencialmente optamos por dar prioridade a exposições cujas obras sejam relacionadas à Ciência, Tecnologia e História de Feira de Santana”, ressalta.

A exposição Arte e Tecnologia permanecerá no Museu Parque do Saber até o dia 15 de outubro.

Caps III em novas instalações; Mais amplas e com reforço na oferta de serviços

O Centro de Atenção Psicossocial Dr. João Carlos Lopes Cavalcante (Caps III) passa a funcionar em novas instalações, mais amplas e com reforço na oferta de serviços. As instalações foram inauguradas no início da noite de quinta-feira (16), na rua Dr. João Martins da Silva, 239, bairro Capuchinhos.

Com estrutura setorizada nas diversas áreas, o Caps III passa a oferecer acolhimento com cinco leitos, farmácia, repouso para profissionais, área de convivência, oficina culinária, cozinha, três consultórios e mais uma sala para primeiros atendimentos, recepção, sala de espera com espaço para atividades de entretenimento, arquivo, sala de reuniões, coordenação e sala para relaxamento.

A coordenadora da unidade, Maria Madalena Fiúza Peruna, ressaltou a satisfação dos profissionais em estarem atuando nas novas instalações, mais amplas e com possibilidade de ampliação dos serviços. “Era um sonho de todos nós trabalharmos em um ambiente mais acolhedor”, afirmou, ao lembrar que a unidade presta atendimento a 3.500 pacientes cadastrados.

Já a coordenadora geral das unidades do Caps, Rosana Falcão, ressaltou o significado do momento para os profissionais que atuam na unidade. “A filosofia do Caps é acolher as pessoas, em um ambiente que favoreça a oferta do serviço”, frisou. Observou também que o ambiente agradável estimula o tratamento de pessoas que enfrentam o sofrimento e a dor decorrentes de problemas psicológicos.

Na solenidade também estiveram presentes o pastor Edvaldo Marques, representante espírita Susi Barboni e representante católica Zelinda Carvalho, que falaram sobre os ensinamentos de Jesus Cristo com passagens bíblicas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110917 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]