Parque de Exposição recebe público recorde e barraqueiros comemoram vendas na Expofeira 2010. Leia esta e outras notícias da PMFS

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Parque de exposicao recebe público recorde e barraqueiros comemoram vendas na expofeira 2010.
Parque de exposicao recebe público recorde e barraqueiros comemoram vendas na expofeira 2010.

Barraqueiros que estão comercializando bebidas e comida durante a Expofeira 2010 estão comemorando os resultados das vendas. Em pleno início de semana, a movimentação de visitantes no Parque de Exposição João Martins da Silva está gerando mais expectativas de bons lucros durante a maior festa agropecuária do interior da Bahia.

Durante o feriado de 7 de Setembro de 2010, o Parque de Exposição recebeu um público recorde, atraído pelas novidades e peculiaridades do cotidiano do homem no campo. Uma opção de lazer que vem agradando crianças e adultos.

Mesmo sem shows na noite de terça-feira (07), o público lotou o espaço durante todo o dia. Opções de diversão não faltaram e, as barracas de comida e lanche, faturaram com a animação.

Vendedor de queijo de coalho na brasa, Jodilson de Jesus Amorim afirmou que as vendas cresceram surpreendentemente. “Hoje vou embora mais cedo porque já vendi todo o estoque. Amanhã retorno, trazendo uma quantidade maior porque estou vendendo rápido, graças a Deus”, afirmou.

A mesma satisfação é da vendedora de beiju, Edna Santos. “Vir à Expofeira e não comer do beiju é o mesmo que ir na igreja e não rezar. Este ano mudamos de lugar, mas nosso público já está nos localizando e as vendas estão ficando cada dia melhor. Basta olhar para as filas”, frisou.

A comerciante de bebidas Rita Soares também está satisfeita com as vendas. “Mesmo eu tendo ficado em um local mais recuado, as vendas estão boas. Tem cliente para todo mundo e os resultados até aqui estão bons”, frisou, enquanto corria para atender os clientes.
Asfalto avança no distrito de Matinha

Operários começam a colocar meio fio no início da pista

As obras de asfaltamento a quente da estrada que liga a BR-116 Norte à sede do distrito de Matinha continuam avançando e já mudam, definitivamente, as características da comunidade. Ao todo serão urbanizados sete quilômetros de pista com a utilização de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), considerado o que há de mais nobre em pavimentação de vias públicas.

As melhorias estão sendo executadas a partir da sede do distrito em direção à rodovia. Mais de dois quilômetros já estão pavimentados e as obras avançam, cobrindo a estrada onde antes só existia terra e muitos buracos, dificultando o acesso de veículos.

Enquanto as obras de pavimentação avançam, já próximas ao canteiro de obras, os operários começam a colocar meio fio no início da pista, trecho mais próximo à sede do distrito. E o serviço é intensificado com demarcação da pista, levantamento da base para colocação da liga para o asfalto e limpeza geral.

As intervenções atendem reivindicação da comunidade de Matinha, distrito recentemente criado em Feira de Santana. Com a pavimentação asfáltica, reduzindo o tempo para deslocamento de veículos, o progresso chega mais rápido ao local, impulsionando o desenvolvimento.
Grupo de teatro faz apresentação para alunos

720 estudantes devem assistir a coreografia

Estudantes de oito escolas da rede municipal de ensino, da sede e distrito, assistirão à coreografia Baobá, inspirada no livro O Pequeno Príncipe. O evento é destinado aos alunos do Ensino Fundamental II e será realizado nos dias 9 e 10 de setembro, às 14 horas, no Centro de Cultura Amélio Amorim. A produção é do grupo de teatro Cisne Negro Companhia de Dança, de São Paulo, e é dirigida por José Possi Neto.

A iniciativa é uma realização da Belgo Bekaert, através da parceria com a Prefeitura de Feira de Santana, e terá a participação de 90 alunos de cada escola. Segundo a diretora do Departamento de Ensino da Secretaria de Educação, Lélia Fernandes, as instituições foram selecionadas juntamente com representantes da Belgo.

“Para participar dessa peça, os alunos precisam ser preparados anteriormente porque é um show artístico onde vão ser apresentados poemas, músicas, recitação de poesia e teatro”, afirma Lélia.

A Cisne Negro está comemorando 33 anos de existência e, para comemorar a data, criou a produção. Em Baobá, o pequeno príncipe volta a Terra em busca de um amigo, encontra um príncipe afro-brasileiro e com ele vai discutir “a toalete do planeta”. No encontro entre os dois, será desenhado um quadro alarmante da sustentabilidade de seus mundos.

Retirada ilegal de cascalho em Gameleira

Prefeitura vai adotar providências contra ato ilegal

A retirada ilegal de cascalho da comunidade de Gameleira, distrito de Bonfim de Feira, foi denunciada por membros da comunidade. Diversas caçambas do material foram retiradas, desde o último sábado (4). Segundo informações, homens da Prefeitura de Anguera foram vistos retirando o cascalho e utilizando o material na estrada da comunidade de Guariba à Anguera.

Administradora de Bonfim de Feira, Ana Carvalho, informou que não há autorização da Prefeitura de Feira de Santana para retirada do cascalho. “Falei com prefeito Tarcízio Pimenta e ele disse não autorizou qualquer retirada de cascalho do distrito de Bonfim de Feira”, contou Ana Carvalho.

O material produzido nas três cascalheiras do distrito é utilizado para recuperar as estradas que ligam Caboronga e Gameleira à Bonfim de Feira. Com a retirada, a população do local foi prejudicada. O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, esteve no local.

O morador de Gamaleira, José Ivo Santana, disse que já foi flagrada a retirada irregular do material. “Enquanto a estrada está acabada, eles estão levando o cascalho para outra região”, reclama o morador.

Na tarde desta terça-feira (7), ainda havia no local marcas de pneus na estrada e da própria enchedeira responsável pela retirada irregular do cascalho.

“Caminho da Roça” exalta cultura nordestina

Música, artesanato e comida típica da nossa região

O espaço “Caminho da Roça”, instalado na Expofeira 2010, está exaltando a cultura do povo nordestino. No local estão montados um palco e vários stands onde é possível observar a presença da região nordeste de várias formas.

No palco, os tradicionais trios de músicos nordestinos, tocando triângulo, zabumba e sanfona. Eles executam o autêntico forró pé de serra. Entre as músicas apresentadas estão sucessos de Luiz Gonzaga.

O artesanato é outra forma de expressão da arte nordestina exposta no local. Bonecas de pano, tecidos bordados, vestidos e redes encantam pela criatividade e cores. Uma máquina de tecelagem também está exposta no espaço.

Comidas com os beijus recheados feitos na hora e as cocadas são algumas das especiarias que podem ser saboreadas pelo público. O típico licor, como o de genipapo, também fazem parte do cardápio.

Banner do Governo da Bahia: Campanha 'Aqui é trabalho', veiculada nesta sexta-feira (04/11/2021).
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114832 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]