Obama é pressionado por artistas para que liberte cubanos acusados de espionagem

Brasília – Um grupo de artistas, cineastas e intelectuais norte-americanos apelaram ontem (12/09/2010) ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para que liberte cinco cubanos presos sob acusação de espionagem no país. Para o grupo, os cubanos são inocentes e devem ter o direito de deixar os Estados Unidos.

As informações são da agência oficial de notícias da Argentina, a Telam. “Estamos muito consternados pois os cinco cubanos não cometeram crime algum contra os Estados Unidos nem constituem uma ameaça à segurança nacional deste país, mas estão presos há 12 anos”, informa o documento, assinado pelos artistas, cineastas e intelectuais norte-americanos.

Integram o grupo nomes como o do cineasta Oliver Stone, o músico Peter Seeger e os atores Mike Farrell, Danny Glover, Edward Asner, Martin Sheen, Elliott Gould e Susan Sarandon. Segundo o grupo, os cubanos foram presos no momento em que monitoravam as ações que provocaram mortes de compatriotas nos Estados Unidos.

Há 12 anos, os cinco cubanos estão presos no país. Alguns deles foram condenados à prisão perpétua e julgados em Miami, em um processo que Cuba considera “injusto e politicamente tendencioso”.

*Com informação da Agência Brasil

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108756 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]