O Núcleo de Cultura Popular apresenta chorinho no Cuca

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O Núcleo de Cultura Popular do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) apresenta na quinta-feira (23/09/2010), às 20h, Chorinho no Cuca, com entrada franca. O evento, que faz parte do Projeto Lua Cheia, reúne as bandas “Chorinho entre amigos” e “Amigos do Arauá” numa noite de muita música instrumental.

Atualmente esses dois grupos vêm desenvolvendo um papel importante na cidade, no que se refere à preservação do gênero chorinho, cuja qualidade musical requer muito conhecimento técnico do instrumento. Daí a dificuldade de se achar músico para compor essa formação.

O Núcleo de Cultura Popular do Cuca tem se preocupado em valorizar os artistas da cidade, dando a eles todo o apoio na realização de eventos. “Então, trazer para o Cuca um projeto como esse é oferecer um gênero musicai de qualidade para satisfação da platéia”, afirma Suzani Caribé, coordenadora do Núcleo de Cultura.

Gênero criado a partir da mistura de elementos das danças de salão européias (como o schottisch, a valsa, o minueto e, especialmente, a polca) e da música popular portuguesa, com influências da música africana, o chorinho, de início, era apenas uma maneira mais emotiva, chorosa, de interpretar uma melodia, cujos praticantes eram chamados de chorões.

Como gênero musical, o choro só tomou forma na primeira década do século XX, mas sua história começa em meados do século XIX, época em que as danças de salão passaram a ser importadas da Europa. A abolição do tráfico de escravos provocou o surgimento de uma classe média urbana (composta por pequenos comerciantes e funcionários públicos, geralmente de origem negra), segmento de público que mais se interessou por esse gênero de música

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120852 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.