Mulheres Perdidas encerra Expofeira e Caras e Coroas apresentaram o melhor do pop rock. Leia esta e outras notícias da PMFS

O forró universitário da banda Mulheres Perdidas encerrou, na madrugada desta segunda-feira (13/09/2010), a programação da Expofeira 2010. O público lotou a área de shows do Parque de Exposição João Martins da Silva para prestigiar a banda e dançar bem agarradinho ao ritmo de muita música apaixonada.

No repertório, os sucessos musicais “Salve o nosso amor”, “Em plena lua de mel”, “Por que te amo”, “Amor de rapariga”, “Perdi você pra quem?”, “Meu patrão” e “Se quiser é assim”, fizeram a multidão agitar cada palmo da área de shows.

O show encantou não somente pelo forró agitado como pela coreografia das belas dançarinas, uma atração à parte que arrancou suspiros da rapaziada. Bem ao estilo próprio da banda sergipana que vem encantando multidões por onde se apresenta pelo Brasil.

Durante a noite também show da banda Caras & Coroas, fazendo uma releitura de sucessos que marcaram época, trazendo o melhor do pop rock. No repertório não faltou músicas como “Banho de lua” e “Cupido”.

Também animaram a festa durante o encerramento o forrozão “Mãe Joana” e o reggaemen “Libu do Reggae”.
Mulheres Perdidas encerra Expofeira

Caras e Coroas apresentaram o melhor do pop rock

O forró universitário da banda Mulheres Perdidas encerrou, na madrugada desta segunda-feira (13), a programação da Expofeira 2010. O público lotou a área de shows do Parque de Exposição João Martins da Silva para prestigiar a banda e dançar bem agarradinho ao ritmo de muita música apaixonada.

No repertório, os sucessos musicais “Salve o nosso amor”, “Em plena lua de mel”, “Por que te amo”, “Amor de rapariga”, “Perdi você pra quem?”, “Meu patrão” e “Se quiser é assim”, fizeram a multidão agitar cada palmo da área de shows.

O show encantou não somente pelo forró agitado como pela coreografia das belas dançarinas, uma atração à parte que arrancou suspiros da rapaziada. Bem ao estilo próprio da banda sergipana que vem encantando multidões por onde se apresenta pelo Brasil.

Durante a noite também show da banda Caras & Coroas, fazendo uma releitura de sucessos que marcaram época, trazendo o melhor do pop rock. No repertório não faltou músicas como “Banho de lua” e “Cupido”.

Também animaram a festa durante o encerramento o forrozão “Mãe Joana” e o reggaemen “Libu do Reggae”.

CMPC e CMDI atendem aos sábados

Muitas pessoas aproveitam para fazer exames

O Centro Municipal de Prevenção ao câncer (CMPC) e o Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI) realizam atendimentos também aos sábados e muitas pessoas aproveitam o dia para fazer exames.

No CMPC é possível fazer a coleta de preventivo, exames como ultrasonografia, biopsia da próstata, punção da tireóide e mama, tratamento de colo uterino, além de consultas especializadas com mastologista, urologista e oncologista.

Já no CMDI, são disponibilizados os serviços de bioimagem, utrasonografia, raio X, eletrocardiograma, mamografia e densitometria óssea.

Aos sábados o CMPC funciona das 6h40min às 16h30min, com atendimento médio de 200 pacientes. Durante a semana, o atendimento é das 7 às 19 horas, com cerca de 250 pacientes por dia.

No CMDI, o expediente de segunda-feira a sexta-feira acontece das 6 às 22 horas, com cerca de 330 atendimentos por dia. Já aos sábados, cerca de 100 pessoas são atendidas, das 6 horas às 13 horas.

Uilmara dos Santos, auxiliar de produções, trabalha durante a semana e só pode ir ao CMDI fazer um raio X da coluna neste último sábado (11). “É muito importante termos a opção de atendimento aos sábados, porque não há necessidade de faltar no trabalho”, destacou.

Thais Freitas, que foi fazer uma ultrassonografia no CMPC concorda: “atendimento aos sábados facilita muito para quem não tem tempo de fazer exames de segunda a sexta-feira”.
Distribuição de vacina contra meningite modificada

Mudança pela Sesab em virtude de casos em Salvador

A quantidade de vacinas contra a meningite tipo C, enviadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesab) a 2ª Diretoria Regional de Saúde (2ª Dires), foi reduzida nos últimos meses. A mudança ocorreu por conta do surto da doença que houve na cidade de Salvador no primeiro semestre deste ano.

Como o surto ainda é recente, o trabalho de imunização contra a doença ainda está sendo concentrado na capital baiana através das campanhas de imunização. Por conta desta nova estratégia, em algumas unidades de saúde pública municipais a vacina está faltando.

Segundo a enfermeira da Rede de Frio da Secretária Municipal de Saúde, Kátia Ferraz, os riscos de a doença acontecer em Feira de Santana são reduzidos.

“Com o fim do inverno o registro de doenças respiratórias diminuem. Como a meningite é transmitida pelas vias respiratórias, os riscos de ocorrer casos da doença são cada vez menores”, destaca.

Mesmo assim, é importante conhecer alguns sintomas da meningite. Caso ocorra febre alta, dor de cabeça súbita, vômitos e rigidez de nuca o serviço médico deve ser procurado.

O cidadão que desejar mais informações sobre a doença pode ligar para o número do Alô Saúde, 0800 284 6656, ou entrar em contato com a Divisão de Vigilância Epidemiológica através dos telefones (75) 3612-6640 e (75) 3612-6641.
Parque de Exposição com festejo junino

Projeto para multifuncionalidade do Parque

O Governo Municipal está desenvolvendo projeto para multifuncionalidade do Parque de Exposição João Martins da Silva. Inicialmente, além da Expofeira, já está sendo discutido projeto para promoção de uma extensa programação junina com projeção no circuito dos principais eventos do gênero a nível nacional.

A proposta para elaboração do evento está sendo discutida com o diretor da ABPA Entretenimentos, Pedro César Alves, que comercializa eventos no Brasil, e Antônio Bernardi, presidente da AB Group, rouling de várias empresas do setor de entretenimento.

O secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural, Ozeny Moraes, observa que a criação de um novo evento junino, de maior proporção, ganha força com a estrutura oferecida no Parque de Exposição, às margens da BR-324. Além disso, também resulta em ocupação do equipamento público, que esporadicamente é explorado durante o ano, além da Exposição Agropecuária de Feira de Santana.

Pedro Cesar e Antônio Bernardi acompanharam o último dia da mostra agropecuária no Parque de Exposição e avaliaram o potencial do espaço para promoção de festejos juninos de maior dimensão. A idéia inicial é de realização de um evento com duração de pelo menos duas semanas.

O projeto está ainda em amadurecimento e será discutido durante esta semana. Mesmo com a criação de um novo espaço para os festejos juninos, o Governo Municipal não pretende acabar com os tradicionais festejos do São João de São José, no distrito de Maria Quitéria, e nem com o São Pedro de Humildes.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108757 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]