Lula defende integração latino-americana em aula inaugural da Unila

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A aula inaugural da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu, foi proferida na tarde de hoje (02/09/2010) pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente falou para professores e funcionários da universidade, além de operários que participaram da construção de Itaipu. Cerca de 200 estudantes brasileiros e estrangeiros (da Argentina, do Paraguai e do Uruguai) estão matriculados nos seis cursos oferecidos pela instituição, criada em janeiro com o objetivo de contribuir para o processo de integração dos países latino-americanos.

Segundo Lula, a Unila é uma das 14 instituições federais criadas no atual governo e integra um esforço que, segundo ele, é inédito para ampliar o acesso da juventude mais carente ao ensino de qualidade. “Faz parte de um mutirão que está implantando 117 extensões universitárias em todo o território brasileiro. Inclui a criação de 704 mil bolsas de estudo do ProUni [Programa Universidade para Todos], além da ampliação de vagas de ingresso nas instituições federais, que passaram de 113 mil para 249 mil por ano”.

Sobra a Unila, Lula disse que “é um caso especial, suas portas se abrem para toda a América Latina, metade dos seus futuros 10 mil alunos e 250 professores virão de países irmãos”. O presidente lembrou que, além das ligações culturais, a América Latina já é o mais importante destino das exportações brasileiras. “De janeiro a julho deste ano, 46.7 % das nossas vendas de manufaturados foram para o mercado regional. Mas não se transforma uma região só com laços comerciais” – observou o presidente.

Lula disse à plateia que ainda falta muito para consolidar a integração entre os países, mas grandes passos estão sendo dados nesse sentido. “Depois de 200 anos estamos aprendendo a andar com nossas pernas, enxergar com nossos olhos, falar pela nossa boca e pensar pela nossa cabeça. Isso quer dizer que estamos conquistando verdadeiramente nossa independência. A criação da Unila, mais importante que uma estrada ou uma ponte, está nos alunos que estão aqui, que são a integração, o futuro da América Latina”, concluiu o presidente.

Segundo o Ministério da Educação, serão investidos cerca de R$ 306 milhões na construção da primeira fase do campus definitivo da Unila, que está funcionando provisoriamente na sede da Fundação Itaipu Binacional.

 

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108296 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]