Itaberaba sedia VIII Feira Regional do Mel

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Com o tema Apicultura, uma Atividade Duradoura, Solidária, Ecológica e Economicamente Viável e o objetivo de apresentar as propriedades benéficas dos produtos da abelha, sua interação com o meio ambiente e o envolvimento da população com as atividades apícolas, a Secretaria da Agricultura,Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), por meio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), realiza, desta quinta-feira (02/09/2010) ao próximo sábado (4), na Praça Flávio Silvani, em Itaberaba, a VIII Feira Regional do Mel.

A estimativa é da participação de 2,5 mil pessoas, dentre elas, apicultores e estudantes. Durante o evento, os participantes podem visitar os 20 stands da EBDA e participar dos cursos e palestras que serão ministrados pelos técnicos da empresa. Meliponicultura e apicultura para produtores, georreferenciamento, manejo avançado para produção do mel, orientações para apicultores e seus familiares em saúde preventiva e segurança do trabalho, cooperativismo e associativismo são alguns dos temas dos seminários, minicursos e palestras das quais os apicultores podem participar gratuitamente.

De acordo com a coordenadora estadual de apicultura e engenheira agrônoma da EBDA, Vandira da Mata, além dos cursos e palestras que serão oferecidos, acontecerão demonstrações de artesanatos realizados com produtos oriundos das colmeias, dentre eles, o mel e a cera. “Esse tipo de evento promove a cadeia produtiva da apicultura e meliponicultura junto às comunidades locais, como também mobilizam os demais agricultores familiares a investir na atividade, que já demonstrou ser extremamente viável e lucrativa, tornando-se mais uma opção para aumento da renda familiar” comentou a coordenadora.

Capacitação

Além das ações realizadas nas feiras de mel, a EBDA, durante todo o ano, realiza nas diversas regiões do estado o curso Básico de Formação de Apicultores e Manejo Avançado, Produção e Beneficiamento de Cera, Segurança no Trabalho com Abelhas e Criação- de- Abelhas sem Ferrão, cujo objetivo é preparar os apicultores para atuarem em seus municípios.

Já foram capacitados, de janeiro a agosto, através de 18 cursos, 1.625 apicultores, 358 agricultores familiares, técnicos e agentes comunitários apícolas dos territórios do Litoral Sul, Irecê, Sertão do São Francisco e Chapada Diamantina.

Os cursos têm como ações aulas práticas e teóricas, em que os participantes são orientados a utilizar e a manusear, dentro das exigências básicas da apicultura, materiais e equipamentos específicos da atividade. Além das noções de apicultura e segurança no manuseio com as abelhas, os cursos abordam ainda as possíveis causas de acidentes, riscos físicos, químicos, biológicos na atividade apícola e riscos ao meio ambiente.

Cuidados com a utilização dos agrotóxicos em floras apícolas, instruções normativas para planejamento e implantação de apiário, a qualidade da segurança alimentar, manejo de apiário, boas práticas na apicultura, pasto apícola, potencial de florada e atividades práticas também são temas de destaque durante o curso.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108826 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]