Salvador: Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória é inaugurado no Pelourinho

Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.
Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.

Foi inaugurado (03/09/2010), no Terreiro de Jesus, Centro Histórico de Salvador, o Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM). Familiares, amigos, políticos de diversas correntes, diretores de órgãos públicos, lideranças comunitárias e pessoas comuns que admiravam ACM marcaram presença no evento, que aconteceu pela manhã. Dona Arlette Magalhães, viúva de ACM, foi bastante cumprimentada e recebeu homenagens.

Do lado de fora do Instituto ACM aconteceram os discursos políticos, que resgataram o legado do líder baiano de amor e defesa da Bahia. O candidato do Democratas ao Palácio de Ondina, Paulo Souto, e o deputado ACM Neto (DEM) reafirmaram o compromisso de dar continuidade ao trabalho de ACM. Uma multidão acompanhou os discursos no Terreiro de Jesus, ao som de tambores e com a presença das baianas, do jeito que o líder político baiano gostava.

Também estiveram presentes o senador César Borges (PR), o prefeito João Henrique Carneiro (PMDB) e o deputado e candidato ao Senado José Carlos Aleluia (DEM), entre outros parlamentares. A família estava representada pelo senador ACM Júnior (DEM), dona Arlette e os netos Luis Eduardo Magalhães Filho, Paula e Renata Magalhães. Amigos de longa data de ACM, a exemplo de Clarindo Silva, comerciante do Pelourinho, também fizeram questão de comparecer à inauguração.

Num espaço de aproximadamente 400m², o instituto vai contar a história de vida do ACM empreendedor, homem público que trabalhou pelas melhorias em seu estado. No Espaço Empreendedor, será possível conhecer um pouco do trabalhado realizado para execução das obras do Centro Administrativo da Bahia, algumas avenidas de vale de Salvador, Pólo Petroquímico da Bahia e do que foi realizado no Pelourinho. Através de telas e totens interativos, o público poderá ver fotos e imagens panorâmicas destas que foram algumas das suas contribuições para o desenvolvimento e modernização da Bahia.

Quando inaugurado, uma biblioteca receberá todo o acervo de livros da família, com três mil títulos. O Memorial Antônio Carlos Magalhães reunirá documentos, cartas, condecorações, quadros e fotos de toda a vida pública de ACM. No lançamento do próximo dia 03, uma pequena exposição já trará parte desta história.

Ações

A intenção é que os jovens que participem dos projetos do Instituto tornem-se multiplicadores, disseminando o que aprenderam nas universidades onde estudam e nas comunidades onde vivem. Assim, o IACM pretende: praticar educação para cidadania, estimulando a consciência crítica e o gosto pela participação cívica e política; estimular o respeito pela diversidade de opiniões e pelas regras de formação de decisões; promover o conhecimento do processo democrático, mediante aulas, atividades práticas e visitas institucionais.

Mais atividades estão previstas, como ciclos de palestras nas escolas de ensino médio, públicas e particulares de Salvador. Essa parceria conta com a participação de professores, juristas, empresários e políticos, debatendo temas ligados aos interesses dos alunos, tais como maioridade penal, proibição de venda de bebidas alcoólicas a menores e possibilidade de voto aos 16 anos.

A sede do Instituto Antônio Carlos Magalhães fica na Rua Saldanha da Gama, n° 2, Terreiro de Jesus, Pelourinho.

Equipe de Paulo Souto é detida arbitrariamente 

“Se os meus adversários pensam que vão destruir essa obra do povo baiano, não vão conseguir porque a Bahia não vai permitir”, disse o candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB), Paulo Souto, expressando em palavras o que imaginou poderia ser dito pelo senador ACM durante a inauguração do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), numa época em que o Centro Histórico de Salvador se encontra em processo de degradação por causa do abandono dos atuais governantes.

No ato público de inauguração do IACM, realizado no Terreiro de Jesus, no final da manhã desta sexta-feira (03/09), Paulo Souto lembrou que a recuperação do Centro Histórico de Salvador foi um dos grandes desafios enfrentados e vencidos por ACM. “Quando poucos acreditavam, ACM, com apenas recursos do estado, iniciou a realização desta grande obra, que atualmente sofre um processo de decadência devido ao descaso de um governo, que não tem amor às coisas da Bahia”.

Apesar da lamentável situação atual do Pelourinho, Souto destacou que a iniciativa de familiares e amigos do falecido senador em inaugurar o IACM na região histórica é uma demonstração de que existem baianos que acreditam no futuro do local. “Não tem desleixo de governante que seja capaz de ofuscar o que o Pelourinho representa para a Bahia e Brasil”, criticou, elogiando em contraposição a resistência dos comerciantes que se mantém ainda funcionando no Centro Histórico.

Neto diz que Instituto ACM é semente no Pelourinho

O deputado federal ACM Neto disse que o Instituto ACM, inaugurado hoje (3), no Pelourinho, é a semente para os governantes olharem com carinho e atenção o Centro Histórico de Salvador. Emocionado o parlamentar observou que a inauguração do instituto ocorria na véspera do aniversário do avô, que todo ano escolhia a Igreja do Rosário dos Pretos para celebrar sua data natalina.

“Ele tinha um carinho especial por este lugar. Das inúmeras obras que o consagraram como o maior líder político da Bahia a que marcou a retomada do crescimento e do orgulho de ser baiano foi a recuperação do Centro Histórico de Salvador”, disse ACM Neto, acrescentando que o avô inaugurou as primeiras etapas, mas Paulo Souto deu continuidade à recuperação.

O comerciante Clarindo Silva, dono de um dos mais tradicionais estabelecimentos do Pelourinho, a Cantina da Lua, presente à inauguração do IACM, observou que o atual governo de Jaques Wagner até hoje não iniciou as obras da sétima etapa da recuperação, prevista para começar em 2007.

Confira imagens da inauguração

Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.
Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.
Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.
Sede do Instituto Antonio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória (IACM), Pelourinho, Salvador.
Antônio Carlos Magalhães, como presidente do Senado, e Michel Temer, como presidente da Câmara dos Deputados, recebem o presidente da Africa do Sul, Nelson Mandela, em julho de 1998.
Antônio Carlos Magalhães, como presidente do Senado, e Michel Temer, como presidente da Câmara dos Deputados, recebem o presidente da Africa do Sul, Nelson Mandela, em julho de 1998.
Antonio Carlos Magalhães, como presidente do Congresso Nacional, discursa em plenário, em 25 de março de 1999.
Antonio Carlos Magalhães, como presidente do Congresso Nacional, discursa em plenário, em 25 de março de 1999.
Senador Antonio Carlos Magalhães é recebido em audiência pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Senador Antonio Carlos Magalhães é recebido em audiência pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Senador Antonio Carlos Magalhães é recebido em audiência pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Senador Antonio Carlos Magalhães é recebido em audiência pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115141 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.