Estudantes da rede municipal de Feira participam de Olimpíada de Português. Leiam esta e outras notícias da PMFS

Estudantes da rede municipal de Feira participam de Olimpíada de Português.
Estudantes da rede municipal de Feira participam de Olimpíada de Português.
Estudantes da rede municipal de Feira participam de Olimpíada de Português.
Estudantes da rede municipal de Feira participam de Olimpíada de Português.

Estudantes de 13 escolas da rede municipal de ensino e de mais 15 instituições da rede estadual participaram da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro” com a produção de poemas, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião. Neste período, a Secretaria de Educação está em fase de avaliação do material, selecionando até 15 textos por categoria.

Segundo a diretora do Departamento Pessoal da Secretaria de Educação, Lélia Vitor Fernandes, foram encaminhados na rede municipal, 12 poemas dos alunos da 4ª e 5ª séries, cinco memórias literárias da 6ª e 7ª séries e três crônicas da 8ª série. Não foram encaminhados artigos de opinião porque esta produção é direcionada aos estudantes do Ensino Médio.

Das escolas do município, participaram instituições da sede e dos distritos, dentre elas o Centro Educacional Integrado Joselito Amorim, Escola Antônio Brandão, em Humildes, Escola Helena Assis Suzart, Escola Jonatlhas Telles de Carvalho e Escola Antônio Elói da Costa. A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Os textos selecionados serão enviados para a Comissão Julgadora Estadual. No mês de novembro, do dia 1º ao dia 11, os 500 alunos semifinalistas e seus respectivos professores viajarão para uma capital do Brasil, de acordo com a categoria em que estão inscritos para participar de atividades culturais e de formação.

Na ocasião, os alunos aperfeiçoam seus textos e acontece o julgamento pela Comissão Julgadora Regional. As inscrições foram realizadas entre os dias 2 de março e 16 de agosto.

Mais 4 km de pavimentação na Matinha

Pavimentação já alcança Moita da Onça

A pavimentação asfáltica do acesso ao distrito da Matinha ligando-o à BR-116 Norte já alcança as proximidades da Fazenda Moita da Onça. Nesta segunda-feira (20), os 20 operários continuam trabalhando na execução da sub-base e base, com a previsão de desenvolver os serviços em mais 500 metros da estrada ainda hoje.

Dos seis quilômetros de pista, faltam ser pavimentados dois quilômetros e meio da estrada com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). Depois de executadas a sub-base e base, será lançado o CBUQ, colocado meio-fio, projeto de iluminação e sinalização vertical e horizontal..

Além dos operários, diversas máquinas estão trabalhando na obra, a exemplo de pá carregadeira, reto escavadeira, rolo liso, rolo de pneu e acabadora de asfalto. Até mesmo no domingo (19) homens e máquinas continuavam trabalhando na realização do serviço.

A intervenção está sendo desenvolvida pela Construtora Ferreira Lima, vencedora de licitação pública realizada pela Prefeitura de Feira de Santana. O Governo Municipal conta com 30% de recursos próprios na obra.

Recapeamento aprovado por moradores

Conclusão do serviço na avenida Riachuelo em cinco dias

A obra de recapeamento asfáltico da avenida Riachuelo, no bairro Baraúnas, tem avançado com rapidez e obtido a aprovação de diversos moradores locais. Ao observar a conclusão dos serviços nas imediações do canteiro central, a população do bairro comemora o fim dos buracos, redução da poeira e, consequentemente, a limpeza da via.

Segundo a moradora da avenida Riachuelo há mais de 50 anos, Jonalda Santos, a intervenção impede o acúmulo de lixo, diminui a poeira e contribui para a limpeza do local. “Melhora para a gente em todos os sentidos. Estávamos precisando desse trabalho e a Prefeitura de Feira de Santana veio fazer a obra em boa hora”, afirma.

Para o auxiliar de carga Normando Santana, morador da rua Oscar Mesquista do mesmo bairro, o trabalho está sendo espetacular. “Com esta recuperação do asfalto, acabam os buracos e a gente circula tranqüilo pela rua. Está ficando ótimo”, ressalta.

Já o mecânico Moacir Santos mora no bairro Galiléia II, na rua 21 de abril, mas sempre transita pela avenida Riachuelo. “É bom fazer este trabalho porque retira os buracos e acaba com a lama nos dias de chuva”, pontua. No início da manhã desta segunda-feira (20), dezenas de operários trabalhavam na varrição da avenida para dá continuidade ao recapeamento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

Os serviços foram iniciados desde a tarde de quinta-feira (16) e a previsão do secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, é de concluí-lo dentro de cinco dias. Na primeira etapa da obra, os trabalhos se estendem até o início da rua Petronílio Pinto, retornando próximo a Unidade Básica de Saúde (UBS) Doutor Milésio Ledoux Vargas.

Novos sinaleiras na Av. Presidente Dutra

No cruzamento com a avenida João Durval Carneiro

A iniciativa de modernizar o trânsito da cidade através de novas sinaleiras também contempla o cruzamento da avenida Presidente Dutra com a avenida João Durval Carneiro. Os novos equipamentos foram instalados no domingo (19) e os mesmos modelos estão em funcionamento nos cruzamentos da avenida Getúlio Vargas com a avenida Senhor dos Passos, bem como na avenida Maria Quitéria.

As alterações desenvolvidas pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), incluem ainda nova sinalização horizontal e vertical, abertura de novas vias de tráfego, transformação de vias em mão única e nova pavimentação asfáltica com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) nos principais corredores de tráfego para facilitar o escoamento de veículos.

Com a substituição dos aparelhos, o mototaxista Adriano Cerqueira observa que há facilidades para motoristas e pedestres, já que o equipamento possui cronômetro digital para evitar dúvidas sobre o tempo que falta para abrir ou fechar o sinal, bem como cronômetros para pedestres nas laterais, junto a faixas de pedestres. “Isso impede que apressados queiram invadir as sinaleiras. Ficou muito bom”, considera.

Além disso, os novos equipamentos permitem maior nitidez e agilidade, conforme o taxista José Maria da Silva. “O novo modelo ficou bom e é mais moderno que os antigos”, disse.

De acordo com o secretário de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, outros semáforos do mesmo modelo serão instalados nos cruzamentos da avenida Getúlio Vargas com a rua J. J. Seabra, rua Barão de Cotegipe, rua Castro Alves, praça Jackson do Amaury, e cruzamento da avenida Presidente Dutra com avenida Maria Quitéria.

Ingredientes para caruru são encontrados

Centro de Abastecimento é o local certo para compra

Os devotos de São Cosme e São Damião já encontram os produtos que compõe o tradicional caruru para a festa deles, nos boxes do Centro de Abastecimento. Os comerciantes sentem a falta dos clientes, pois ainda não começaram a procurar os produtos que fazem parte da comida típica baiana.

Um dos principais produtos é o camarão. Segundo a comerciante Edna Maria Cerqueira, que comercializa há 32 anos no Centro de Abastecimento, o camarão está sendo encontrado e vendido por R$ 23,00 o quilo, mas pode sofrer um aumento na semana que antecede a festa.

A massa do vatapá, outro prato típico que faz parte das comemorações, está sendo vendida por R$ 8,00 o quilo, o amendoim por R$ 5, 00, o gengibre R$ 1, 00, o quiabo R$ 5,00 o cento e a castanha por R$ 16,00. Outro ingrediente importante para finalização do preparo da comida é o azeite de dendê, vendido por R$ 4,00 o litro e R$ 2, 00, a garrafa de dendê de 200 ml.

Muitos lares feirenses festejam o dia dedicado aos dois mártires da Igreja, que são tão populares quanto São João e Santo Antônio. São Cosme e Damião têm a sua festa comemorada no dia 27 de setembro, com um tradicional almoço, o caruru dos santos.

Estudantes de 13 escolas da rede municipal de ensino e de mais 15 instituições da rede estadual participaram da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro” com a produção de poemas, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião. Neste período, a Secretaria de Educação está em fase de avaliação do material, selecionando até 15 textos por categoria.
Segundo a diretora do Departamento Pessoal da Secretaria de Educação, Lélia Vitor Fernandes, foram encaminhados na rede municipal, 12 poemas dos alunos da 4ª e 5ª séries, cinco memórias literárias da 6ª e 7ª séries e três crônicas da 8ª série. Não foram encaminhados artigos de opinião porque esta produção é direcionada aos estudantes do Ensino Médio.
Das escolas do município, participaram instituições da sede e dos distritos, dentre elas o Centro Educacional Integrado Joselito Amorim, Escola Antônio Brandão, em Humildes, Escola Helena Assis Suzart, Escola Jonatlhas Telles de Carvalho e Escola Antônio Elói da Costa. A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).
Os textos selecionados serão enviados para a Comissão Julgadora Estadual. No mês de novembro, do dia 1º ao dia 11, os 500 alunos semifinalistas e seus respectivos professores viajarão para uma capital do Brasil, de acordo com a categoria em que estão inscritos para participar de atividades culturais e de formação.
Na ocasião, os alunos aperfeiçoam seus textos e acontece o julgamento pela Comissão Julgadora Regional. As inscrições foram realizadas entre os dias 2 de março e 16 de agosto.
Mais 4 km de pavimentação na Matinha
Pavimentação já alcança Moita da Onça
A pavimentação asfáltica do acesso ao distrito da Matinha ligando-o à BR-116 Norte já alcança as proximidades da Fazenda Moita da Onça. Nesta segunda-feira (20), os 20 operários continuam trabalhando na execução da sub-base e base, com a previsão de desenvolver os serviços em mais 500 metros da estrada ainda hoje.
Dos seis quilômetros de pista, faltam ser pavimentados dois quilômetros e meio da estrada com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). Depois de executadas a sub-base e base, será lançado o CBUQ, colocado meio-fio, projeto de iluminação e sinalização vertical e horizontal..
Além dos operários, diversas máquinas estão trabalhando na obra, a exemplo de pá carregadeira, reto escavadeira, rolo liso, rolo de pneu e acabadora de asfalto. Até mesmo no domingo (19) homens e máquinas continuavam trabalhando na realização do serviço.
A intervenção está sendo desenvolvida pela Construtora Ferreira Lima, vencedora de licitação pública realizada pela Prefeitura de Feira de Santana. O Governo Municipal conta com 30% de recursos próprios na obra.
Recapeamento aprovado por moradores
Conclusão do serviço na avenida Riachuelo em cinco dias 
A obra de recapeamento asfáltico da avenida Riachuelo, no bairro Baraúnas, tem avançado com rapidez e obtido a aprovação de diversos moradores locais. Ao observar a conclusão dos serviços nas imediações do canteiro central, a população do bairro comemora o fim dos buracos, redução da poeira e, consequentemente, a limpeza da via.
Segundo a moradora da avenida Riachuelo há mais de 50 anos, Jonalda Santos, a intervenção impede o acúmulo de lixo, diminui a poeira e contribui para a limpeza do local. “Melhora para a gente em todos os sentidos. Estávamos precisando desse trabalho e a Prefeitura de Feira de Santana veio fazer a obra em boa hora”, afirma.
Para o auxiliar de carga Normando Santana, morador da rua Oscar Mesquista do mesmo bairro, o trabalho está sendo espetacular. “Com esta recuperação do asfalto, acabam os buracos e a gente circula tranqüilo pela rua. Está ficando ótimo”, ressalta.
Já o mecânico Moacir Santos mora no bairro Galiléia II, na rua 21 de abril, mas sempre transita pela avenida Riachuelo. “É bom fazer este trabalho porque retira os buracos e acaba com a lama nos dias de chuva”, pontua. No início da manhã desta segunda-feira (20), dezenas de operários trabalhavam na varrição da avenida para dá continuidade ao recapeamento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).
Os serviços foram iniciados desde a tarde de quinta-feira (16) e a previsão do secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, é de concluí-lo dentro de cinco dias. Na primeira etapa da obra, os trabalhos se estendem até o início da rua Petronílio Pinto, retornando próximo a Unidade Básica de Saúde (UBS) Doutor Milésio Ledoux Vargas.
Novos sinaleiras na Av. Presidente Dutra
No cruzamento com a avenida João Durval Carneiro 
A iniciativa de modernizar o trânsito da cidade através de novas sinaleiras também contempla o cruzamento da avenida Presidente Dutra com a avenida João Durval Carneiro. Os novos equipamentos foram instalados no domingo (19) e os mesmos modelos estão em funcionamento nos cruzamentos da avenida Getúlio Vargas com a avenida Senhor dos Passos, bem como na avenida Maria Quitéria.
As alterações desenvolvidas pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), incluem ainda nova sinalização horizontal e vertical, abertura de novas vias de tráfego, transformação de vias em mão única e nova pavimentação asfáltica com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) nos principais corredores de tráfego para facilitar o escoamento de veículos.
Com a substituição dos aparelhos, o mototaxista Adriano Cerqueira observa que há facilidades para motoristas e pedestres, já que o equipamento possui cronômetro digital para evitar dúvidas sobre o tempo que falta para abrir ou fechar o sinal, bem como cronômetros para pedestres nas laterais, junto a faixas de pedestres. “Isso impede que apressados queiram invadir as sinaleiras. Ficou muito bom”, considera.
Além disso, os novos equipamentos permitem maior nitidez e agilidade, conforme o taxista José Maria da Silva. “O novo modelo ficou bom e é mais moderno que os antigos”, disse.
De acordo com o secretário de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, outros semáforos do mesmo modelo serão instalados nos cruzamentos da avenida Getúlio Vargas com a rua J. J. Seabra, rua Barão de Cotegipe, rua Castro Alves, praça Jackson do Amaury, e cruzamento da avenida Presidente Dutra com avenida Maria Quitéria.
Ingredientes para caruru são encontrados
Centro de Abastecimento é o local certo para compra 
Os devotos de São Cosme e São Damião já encontram os produtos que compõe o tradicional caruru para a festa deles, nos boxes do Centro de Abastecimento. Os comerciantes sentem a falta dos clientes, pois ainda não começaram a procurar os produtos que fazem parte da comida típica baiana.
Um dos principais produtos é o camarão. Segundo a comerciante Edna Maria Cerqueira, que comercializa há 32 anos no Centro de Abastecimento, o camarão está sendo encontrado e vendido por R$ 23,00 o quilo, mas pode sofrer um aumento na semana que antecede a festa.
A massa do vatapá, outro prato típico que faz parte das comemorações, está sendo vendida por R$ 8,00 o quilo, o amendoim por R$ 5, 00, o gengibre R$ 1, 00, o quiabo R$ 5,00 o cento e a castanha por R$ 16,00. Outro ingrediente importante para finalização do preparo da comida é o azeite de dendê, vendido por R$ 4,00 o litro e R$ 2, 00, a garrafa de dendê de 200 ml.
Muitos lares feirenses festejam o dia dedicado aos dois mártires da Igreja, que são tão populares quanto São João e Santo Antônio. São Cosme e Damião têm a sua festa comemorada no dia 27 de setembro, com um tradicional almoço, o caruru dos santos.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115055 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.