Eleições 2010: pelo menos 407 dos 513 deputados federais tentam reeleição | Por Antônio Augusto de Queiroz

Os custos de campanha e a imagem negativa dos políticos em geral e dos parlamentares federais em particular parece ter motivado a desistência de 39 deputados, que não concorrem a nenhum cargo nestas eleições, pouco mais que do pleito de 2006, quando a avaliação sobre o Congresso era pior e somente 22 deixaram de disputar postos eletivos.

Apesar disto, pelo menos 407 dos 513 deputados, ou 79,33% da composição da Câmara, irão tentar a reeleição. Dos 106 que não tentarão renovar o mandato, 33 disputam uma vaga ao Senado, nove são candidatos a governador, sete a vice-governador, 12 tentam ser deputados estaduais, quatro são suplentes de senadores e dois é candidato a vice-presidente da República. Como já dito, 32 desistiram de concorrer a qualquer cargo.

Em termos absolutos, o partido com o maior número de desistência foi o DEM, com 12 de seus 56 deputados, e proporcionalmente foi o PPS, outro partido de oposição, com 26,67% da bancada, ou quatro de seus 15 deputados, que não disputarão mandato em 2010.

Nos grandes partidos, a desistência foi baixa: PMDB, com cinco; PSDB, com três, e PT, com dois. Entre os partidos médios, apenas no PDT não houve desistência, enquanto no PR e no PTB houve desistência de dois em cada e no PSB, PV, PRB e PTdoB apenas um desistiu.

A opção de deputados por disputar uma cadeira no Senado indica o grau de prioridade de cada partido em relação à Câmara Alta. O PT é o recordista, com oito candidatos ao Senado, seguido do PMDB, com cinco. DEM, PSDB e PP concorrem com três cada, seguidos do PSB e PSC, com dois cada, e do PR, PV, PDT, PHS, PMN e PCdoB, com um cada.

Entre os partidos, os que mais lançaram deputados ao Governo dos Estados foram o PV, e PP, com dois. Partidos grandes, como o PMDB, PT, PSDB só concorrem com um deputado ao Governo, enquanto o DEM não lançou nenhum. O PCdoB também lançou um deputado ao Governo de Estado. Os demais (PTB, PR, PDT, PHS, PMN, PPS, PRB, PSC, PSol, PTC, PTdoB e PSB) não lançaram deputado ao Governo estadual.

Regionalmente, o Sudeste possui o maior índice de candidatos à reeleição, com 152 de seus 179 deputados tentando renovar seus mandatos, seguido da região Nordeste, com 116 dos 151 buscando a reeleição.

A região Sul está em terceiro lugar em número de postulantes à renovação do mandato, 61 dos 77 deputados, seguida de perto da região Norte, com 50 de seus 65 deputados tentando a reeleição. O quinto lugar é a região Centro-Oeste, com o menor índice de recandidatura, com apenas 28 de seus 41 deputados buscando renovar seus mandatos.

Pelo critério de desistência da disputa eleitoral, a região Sudeste lidera, com 13 deputados, seguida da região Sul, com nove; Nordeste, com oito; Norte com cinco; e Centro-Oeste, com quatro. Já em número de postulantes ao Senado, a Região Nordeste lidera, com 16 nomes, seguida das regiões Centro-Oeste, com seis e Norte, com cinco, além das regiões Sul, com quatro, e da Sudeste, com apenas dois.

Reproduzimos tabelas que sintetizam as quantidades de deputados candidatos à reeleição, a outros cargos e os que não disputarão mandato, organizados por partido, por estado e por região, bem como a lista contendo a situação de cada um dos 513 deputados em relação ao pleito de 2010.

* Jornalista, analista político e diretor de Documentação do Diap

*Com informação de Antônio Augusto de Queiroz | Jornalista

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120656 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.