Comunidade do distrito João Durval sofre com a falta de abastecimento de água. Leia Esta e outras notícias da CMFS

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O vereador Roque Pereira está reclamando de problemas de abastecimento de água em localidades do distrito Governador João Durval, antigo Ipuaçu. Como representante político do distrito, ele observa que a Prefeitura não vem atendendo a solicitações da comunidade, feitas através do seu mandato, para solucionar os problemas.

Segundo ele, o Colégio Otaviano Campos, na localidade de Pedra da Canoa, e a Escola Dival Figueiredo Machado, em Santa Rosa, estão com seus alunos e professores prejudicados devido à falta de água. Há problemas também em residências nas localidades de Formosa e Fazenda Maia.

Roque pediu ao colega vereador Antônio Francisco Neto para que intervenha junto ao secretário Ozeny Moraes, de Agricultura e Recursos Hídricos, para que sejam adotadas as medidas necessárias.

“Acredito que esse impasse na resolução dos problemas esteja ocorrendo por causa de divergências políticas. Infelizmente os benefícios não estão chegando às comunidades. Estou apoiando outro candidato, não a primeira-dama Graça Pimenta, para deputado estadual. Mas o prefeito Tarcízio Pimenta, com certeza, não aprova esse tipo de procedimento e nem deve ter conhecimento do que está ocorrendo”, disse ele.

Ailton Mô denuncia invasão em espaço reservado para Complexo Esportivo

O vereador Ailton Araújo Rios – Ailton Mô – (PSDB), hoje (21), durante seu discurso na tribuna da Casa da Cidadania, denunciou que cerca de 50 pessoas estão invadindo uma área (em baixo da rede de extensão da Coelba) na Avenida Medeiros Neto, no bairro Sítio Matias. O edil cobrou providências dos órgãos competentes, enfatizando que existe um projeto na Prefeitura que tem por objetivo desenvolver nesse terreno um Complexo Esportivo.

“Na semana passada, eu tive na Coelba, alertando esse tipo de ação que vem acontecendo, inclusive com a conivência da Coelba, visto que ela está fazendo no local as ligações de energia elétrica. A Coelba diz que não é o papel da empresa fazer a fiscalização. O papel da Coelba não é fazer as ligações, mas infelizmente está fazendo. E o papel da fiscalização do solo para não deixar invadir é da Prefeitura. Eu entrei em contato com o secretário Pinheiro, mas ele disse que não pode fazer nada”, declarou Ailton Mô.

Para o vereador, está faltando atitudes para conter o problema. “Os moradores daquela localidade estão muito preocupados. Ali não deve virar um canteiro de casas invadidas, visto que a comunidade zela pela área e sonha com um espaço, para que as pessoas possam estar se socializando. É preciso que a Prefeitura, ou quem quer que seja, se é Coelba, se é o Ministério Público, que tome as devidas providências para coibir as invasões”, argumentou o edil.

Projeto de Getúlio Barbosa propõe criar Espaço Cultural da Câmara Municipal

Está em tramitação na Câmara Municipal um Projeto de Resolução propondo a criação de um espaço cultural na Casa da Cidadania. A proposição é de autoria do vereador Getúlio Barbosa. O Espaço Cultural da Câmara Municipal, como deverá ser intitulado o local, abrangeria diversas áreas do prédio do Legislativo, inclusive o plenário.

Segundo o autor do projeto, o saguão e o plenário da Câmara podem perfeitamente ser aproveitados para atividades culturais, desde exposições de obras de arte a peças de teatro e exibição de filmes ou documentários. “Já temos a estrutura para acolher essas manifestações culturais, como retroprojetor e equipamento de som e área para receber o público”, observa. Para o vereador, a Câmara não terá gasto adicional com a execução do projeto.

“O objetivo deste projeto é proporcionar atividades culturais para organismos educacionais e institucionais. Promover as diversas formas das artes, acesso a fontes de cultura e desenvolvimento intelectual dos cidadãos”, disse Getúlio. Ele salientou que, “uma vez oficializado o espaço, a Câmara poderá firmar convênio com clubes de serviços, associações e escolas, para que manifestações culturais tenham condições de ser apresentadas nesta Casa”.

A Casa da Cidadania, como sugere o próprio nome, deve promover a integração da Câmara com as diversas manifestações culturais de Feira de Santana, defende o vereador.

O presidente da Câmara, Antônio Carlos Passos Ataíde, acha o projeto “excelente”, mas está preocupado com alguns aspectos. “O quadro de funcionários é reduzido. Não vejo estrutura suficiente. Aprovado este projeto, a comunidade vai solicitar o espaço. Às vezes, temos sessões solenes. Já é sobrecarregado uso da Câmara. O espaço que dispomos também é pequeno”, ponderou.

O vereador Marialvo Barreto diz que “a idéia é boa, no sentido do aproveitamento do espaço. Mas deve haver cautela em sua utilização, para não haver desvio de função. Uma manifestação de cunho gay, que seja picante, por exemplo, poderia resultar em uma política ruim, como já ocorreu em outro estado e foi mostrado pela imprensa”. Por outro lado, observou, uma peça teatral, para ser exibida no plenário, haveria a necessidade de retirar o vidro que separa o local das galerias. “Não existe palco separando o público dos atores por uma vidraça”.

O vereador Antônio Francisco Neto pediu adiamento de pauta por três sessões. “Diante da preocupação manifestada pelo presidente da Casa, creio que é necessário adiarmos a votação dessa matéria, para que possamos tratar melhor dessas dificuldades”.

Luluda Barreto receberá o título de Cidadã Feirense

A diretora de Cultura da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Maria de Lourdes Guimarães Barreto, será homenageada com o título de Cidadã Feirense. Projeto de Decreto Legislativo de autoria do vereador Getúlio Barbosa, concedendo a honraria, foi aprovado por unanimidade na sessão desta terça-feira (21) da Câmara.

Maria de Lourdes Guimarães Barreto é conhecida no meio cultural de Feira de Santana como Luluda Barreto. Ela atua há décadas na promoção de eventos das mais diversas manifestações culturais, especialmente no teatro.

“Luluda realiza um trabalho realmente de alto nível na Secretaria. Há vários anos ela ocupa este cargo, desde governos passados, sempre honrando com muita dedicação e comprometimento”, disse o vereador. Fora do serviço público, acrescentou Getúlio, ela tem uma preocupação muito grande com a questão cultural de Feira de Santana.

O vereador Alcione Cedraz, que já foi secretário de Cultura, Esporte e Lazer, tendo Luluda Barreto como uma de suas assistentes, disse que Luluda, a futura cidadã feirense, é uma pessoa “muito comprometida com a cultura de Feira de Santana”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116731 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.