Álcool mata 2,5 milhões por ano, mais de 10% são jovens

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Dados são da Organização Mundial da Saúde, OMS; Grã-Bretanha é um dos países europeus mais afetados pelo consumo abusivo da bebida.

Um relatório da Organização Mundial da Saúde, OMS, divulgado nesta sexta-feira, sugere que o uso abusivo do álcool é a causa estimada da morte de 2,5 milhões de pessoas por ano. Cerca de 320 mil vítimas têm entre 15 e 29 anos. O álcool está ainda envolvido em 25% dos casos de homicídios em nível mundial.

Coquetéis

Com base no Sistema Global de Informação sobre Álcool e Saúde, a OMS está trabalhando atualmente no desenvolvimento de padrões internacionais para medir o uso nocivo da bebida.

Para a agência da ONU, o ‘abuso’ do consumo de álcool ocorre quando pessoas acima de 15 anos ingerem ‘pelo menos 60 gramas ou mais de álcool puro, pelo menos uma vez por semana.’ A quantidade equivale a cerca de seis coquetéis alcoólicos.

Consumo na Europa

A Grã-Bretanha é um dos países europeus mais afetados pelo alto nivel de consumo de bebidas alcoólicas. Em 2009, 1 milhão de crimes violentos foram relacionados ao consumo abusivo.

Os 7 mil atendimentos de emergência devido ao excesso de bebida custaram aos cofres públicos cerca de £ 650 milhões, o equivalente a quase R$ 1,7 bilhão.

A OMS listou estratégias globais para reduzir o uso nocivo de álcool que foram aprovadas pela Assembléia Mundial da Saúde em maio passado.

Disponibilidade

Segundo a agência, os governos devem introduzir intervenções para impedir o fácil acesso ao álcool por parte de grupos vulneráveis, revisar leis sobre beber em lugares públicos e políticas para reduzir a disponibilidade de álcool produzido informalmente.

A OMS informou que é preciso também regulamentar ainda mais a venda de bebidas alcoólicas a jovens.

*Com informações da da Rádio ONU em Paris.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115124 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.