Vereador Roberto Tourinho: apoio José Ronaldo por entender que os interesses da minha terra são superiores ao do meu partido

Tourinho: Entendo que elegendo José Ronaldo será melhor para Feira de Santana. Também quero deixar claro que está tomada de decisão não é fruto de qualquer tipo de acerto político prévio. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

Tourinho: Entendo que elegendo José Ronaldo será melhor para Feira de Santana. Também quero deixar claro que está tomada de decisão não é fruto de qualquer tipo de acerto político prévio.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

A declaração do vereador Roberto Tourinho (PSB) de sua disposição em apoiar a candidatura do democrata e ex-prefeito feirense José Ronaldo causou verdadeiro frisson nos bastidores políticos.

Durante entrevista concedida ao Jornal Grande Bahia, nesta quinta-feira (12/08/2010), o vereador adiantou que está muito à vontade com a sua tomada de decisão que tem como base o contexto político local. “Entendo que elegendo José Ronaldo será melhor para Feira de Santana. Também quero deixar claro que está tomada de decisão não é fruto de qualquer tipo de acerto político prévio e que a mesma não aconteceu de forma unilateral e sim, após ter consultado e recebido a aprovação unânime amigos, lideranças política e familiares” garante Tourinho.

Insatisfação política

Demonstrando certo desconforto com o tratamento que o PSB tem lhe dispensado ao longo de 13 anos de militância, o vereador se queixa de nunca ter sido consultado pelas suas bases para nada, além de se ver privado da falta de cargos, de fazer indicações, entre outros problemas dessa ordem.

Com relação a sua postura política adotada, Tourinho não acredita que haja, por parte de seu partido, qualquer tipo de punição uma vez que dos seis votos da coligação, ele apóia cinco: Dilma, Wagner, Sérgio Carneiro, Lídice e um deputado estadual, do qual não quis declinar o nome. Ainda referindo-se a sua agremiação política faz a seguinte observação: “Eles não mandam no meu voto, sou aliado e não liderado”, desabafa o vereador.

Desistência

Com relação ao fato de desistir de sua candidatura para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. Ele apontou como obstáculo maior os custos que exige de uma campanha desse porte e a sua falta de recursos para arcar com a mesma.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).