Serys: redução da bancada feminina ameaça políticas públicas para as mulheres

Candidatas a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT).
Candidatas a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT).

Informada de que poucos partidos estão cumprindo o preenchimento das chapas com no mínimo 30% de candidatas, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) mostrou-se preocupada com os destinos das políticas públicas voltadas paras as mulheres.

Candidatas a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT).
Candidatas a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT).

– Se 13,6% sairão como candidatas ao Senado, um número menor será eleito, o que pode reduzir a bancada feminina na Casa e, consequentemente, dificultar o andamento das propostas que beneficiarão as mulheres – disse, por telefone, à Agência Senado.

A senadora elogiou a decisão tomada nesta quinta-feira (12/08/2010) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por 6 votos a 1, os ministros daquela corte determinaram que o PDT do Pará deve refazer a lista de candidatos a disputar o cargo de deputado estadual para se adequar à porcentagem mínima de vagas destinadas às mulheres.

A decisão, que deve ter implicações na lista de candidatos em todo o país, segue as regras estabelecidas pela minirreforma eleitoral (Lei 12.034/09) aprovada pelo Congresso e vale para as eleições deste ano. O partido poderá até ter a chapa impugnada, se continuar a descumprir a lei.

A senadora pediu o apoio das eleitoras às candidatas nas eleições deste ano para evitar essa redução do número de parlamentares mulheres e declarou que já sentiu pessoalmente esse problema.
– A candidatura feminina ainda é tratada de forma diferente pelos partidos. O meu caso é um exemplo disso. Tiraram-me a possibilidade de disputar – lamentou Serys, que não disputará a reeleição ao Senado.

*Com informações da  Agência Senado

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]