PT defende democratização do Estado e reforma polìtica, diz Jonas Paulo

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O que a oposição tenta esconder é a sua defesa permanente nas relações com os empreendedores econômicos e mandatos políticos, de uma forma pouco nobre e, por isso, fogem da reforma como o diabo foge da cruz”, ironizou Jonas Paulo.

Em meio às criticas e inúmeras tentativas dos oposicionistas em tentar desqualificar a participação da sociedade civil na execução de programas públicos, o presidente estadual do PT, Jonas Paulo, afirmou “Os defensores da privatização não toleram a democratização do Estado e abominam a participação de ONGs,OSCIPs e sindicatos na execução de políticas públicas. Eles só acreditam nas empreiteiras e capital privado e querem a todo custo, exterminar o terceiro setor. Há uma tentativa da oposição em combater os movimentos sociais e criminalizá-los”,afirmou.

Para o presidente baiano a desprivatização do Estado passa pela participação social “Não hesitaremos em defender com o presidente Lula a participação social na execução das políticas públicas com ética, transparência, democratização e universalização do acesso as políticas de Estado. O que a oposição tenta esconder é a sua defesa permanente nas relações com os empreendedores econômicos e mandatos políticos, de uma forma pouco nobre e, por isso, fogem da reforma como o diabo foge da cruz”, ironizou.

Jonas lembrou ainda que o PT sempre defendeu a reforma política e o financiamento público de campanha, mas, segundo ele, a oposição com suas bancadas que representam interesses econômicos e financeiros, sempre barraram a sua aprovação no Congresso Nacional, “Desde a implantação da Constituinte, perdemos todas às vezes quando tentamos aprovar a reforma política, sendo oposição ou Governo. Eles defendem a manutenção do status quo”, observou o líder petista.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10096 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).