Paraguai denuncia plano para desestabilizar governo e tirar Lugo do poder

Brasília – O Ministério da Defesa do Paraguai denunciou sexta-feira (20/08/2010), em comunicado à imprensa, que há planos de desestabilização do governo do presidente Fernando Lugo. Sem apontar nomes, as autoridades atribuem o plano a adversários políticos de Lugo. As informações são da agência oficial de notícias da Argentina, a Telam.
Segundo o comunicado, as informações sobre o assunto são seguras e confiáveis. O comunicado diz que “por informações confiáveis dos mesmos círculos envolvidos na montagem do esquema psicopolítico gerado por certos setores da oposição, há [também um] pedido do impeachment do ministro [da Defesa, Luis] Bareiro Spaini”.

O documento acrescenta que “[isso] é apenas um avanço e o primeiro passo real no objetivo estratégico final: o impeachment do presidente da República e do comandante-chefe das Forças Armadas, Fernando Lugo Méndez”.

Lugo está em tratamento para a cura de um linfoma. No começo deste mês, o presidente se submeteu à primeira de uma série de seis sessões de quimioterapia. O tramento de Lugo está sendo orientado pelo Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo. Para as autoridades paraguaias, os adversários do presidente se utilizam da fragilidade política de Lugo para tentar a desestabilização do país.

De acordo com a nota oficial, o plano contra Lugo foi elaborado pelos mesmos autores da campanha pela rejeição da adesão do Paraguai à União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Segundo as autoridades, os adversários de Lugo seguem “instruções de potências extrarregionais hegemônicas”.

*Com informações de Graça Adjuto

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]