Internet, nova arma do cidadão para fiscalizar as eleições

Uma novidade destas eleições é a mobilização social para fiscalizar os candidatos e o processo eleitoral. O catalisador para isso foi o movimento da sociedade civil que culminou com a aprovação, em maio, da Lei da Ficha Limpa, e agora tem continuidade prática por meio da internet. Veja abaixo, nas matérias preparadas pelo Jornal do Senado, alguns dos canais de interação pelos quais se pode participar do controle social sobre as eleições.

Site dá continuidade à campanha da ficha limpa

Onde trocar informações sobre irregularidades

Como pensam os candidatos ao Senado

Ministério Público Eleitoral recebe denúncias do eleitor

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).