Expectativa de negócios para Expofeira 2010. Leia esta e outras notícias da PMFS

Prefeitura é parceira na Caminhada do Folclore.
Prefeitura é parceira na Caminhada do Folclore.
Prefeitura é parceira na Caminhada do Folclore.
Prefeitura é parceira na Caminhada do Folclore.

Onze leilões entre os dias 4 e 12 de setembro

A Expofeira 2010 será realizada entre os dias 5 e 12 de setembro de 2010, mas no sábado, 4, acontece o primeiro leilão com gado da raça Gir. Estão confirmados no total 11 leilões durante todos dias do evento, sendo quatro deles virtuais.

Nos dias 7, 10 e 11 haverá leilões de caprinos e ovinos; ainda no dia 7 e nos dias 11 e 12 os leilões são de gado da raça Guzerá; no dia 8 acontece um leilão da raça Nelore; dia 10 é a vez de cavalos da raça Mangalarga Marchador e, no dia 11, de gado Girolando e de corte. Os leilões de caprinos, ovinos e Guzerás serão virtuais, com transmissão das emissoras da TV Terra Viva e do Canal Rural.

De acordo com o secretário de Agricultura e Recursos Hídricos, Ozeny Moraes, a expectativa de negócio para este ano é ótima devido ao aumento no número de leilões. Em 2009 aconteceram sete leilões durante toda a Expofeira. “Os leilões virtuais possibilitam a participação de pessoas de todo o país que podem dar seus lances pela Internet”, salienta.

O aumento no número de leilões este ano é consequência do sucesso dos leilões realizados ano passado. “Os organizadores ficaram muito satisfeitos com o resultado. Todos os animais oferecidos foram comercializados”, lembra.

Além de animais das regiões da Bahia, vão participam da Expofeira de Feira de Santana animais de outros estados do Nordeste, Norte, Sudeste e Sul do Brasil, a exemplo de Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e São Paulo.

Prefeito sanciona leis

Três leis sancionadas e publicadas nesta terça

O prefeito Tarcízio Pimenta sancionou três leis referentes aos portadores de necessidades especiais, aleitamento materno e aos recém-nascidos, nesta terça-feira (10). A Lei número 3.129, de 9 de agosto de 2010, institui a “Semana Municipal de Incentivo ao Aleitamento Materno”, que deverá ser comemorada anualmente na primeira semana do mês de agosto, passando a integrar o calendário oficial de eventos municipais.

Dentre os principais objetivos da Semana, foi estabelecido que o evento tem como proposta estimular o interesse da sociedade na promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e à mãe lactante, principalmente nos primeiros meses de vida da criança, além de conscientizar a necessidade constante do voluntariado de mães lactantes em amamentar crianças de mães que não possuam o leite materno.

Já a Lei número 3.131, de 9 de agosto de 2010, garante a todo portador de deficiência, que necessite de cadeira de rodas, a gratuidade do ingresso para seu respectivo acompanhante em eventos culturais e esportivos, organizados por pessoas públicas ou privadas, nos termos em que menciona.

Com base no artigo segundo da lei, os organizadores dos eventos deverão afixar cartaz indicando o número desta lei e a redação constante na ementa, em todas as entradas dos ambientes, a partir de 60 dias após a publicação desta regra. O descumprimento dessa norma sujeita ao infrator multa no valor de 20 salários mínimos e, em caso de reincidência, o valor da multa será triplicado.

A outra Lei sancionada, de número 3.132, de 9 de agosto de 2010, determina maternidade e serviços hospitalares da rede pública de saúde ou conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS), com sede no município de Feira de Santana, avaliar as condições de vitalidade dos recém-nascidos e dá outras providências.

Portanto, as maternidades e serviços hospitalares da rede pública conveniadas com o SUS, com sede no município, que realizem partos, obrigadas a colocar no prontuário de cada recém-nascido o registro de índice Apgar, que identifica suas condições de vascularização cerebral, concomitantemente com seu equilíbrio neuro-fisiológico, para posterior transcrição em seu cartão.

A ideia é avaliar as condições de vitalidade do recém-nascido, por intermédio da resposta a exame físico realizado entre um minuto e meio e dez minutos de vida.

Casais desejam oficializar união

Cerimônia será realizada em 9 de dezembro

A oficialização da união conjugal será conquistada por diversos casais que vão participar da oitava edição do casamento coletivo, promovido pelo programa Família Cidadã. A cerimônia será realizada em 9 de dezembro, e é desenvolvida pela Prefeitura de Feira de Santana em parceria com o Poder Judiciário.

O casal Itamar Jesus da Silva e Josélia Francisca dos Santos, com dois anos de convivência, foi um dos primeiros casais inscritos. “Estávamos aguardando a edição do casamento coletivo deste ano para deixar tudo certinho. Quando foi aberto o período de inscrições quisemos logo nos apressar, para não deixar pra última hora e correr o risco de perder a oportunidade”, comenta.

De acordo com Maria Lícia da Motta Dias, responsável pela inscrição, o casamento coletivo se revela como uma ótima oportunidade para oficializar a união. “Quem já possui uma convivência estável sente o desejo de regularizar a união. Mas muitos casais que não moram juntos também se interessam”, conta.

Segundo ela, casais que residem nos oitos distritos de Feira de Santana também têm demonstrado o interesse em participar, buscando informações acerca da documentação necessária para efetuar a inscrição. “Alguns casais não chegam até a Secretaria com os documentos exigidos e atualizados, mas logo tratam de resolver as pendências e retornar com tudo em mãos”, revela.

As inscrições prosseguem até o dia 31 de agosto e devem ser feitas na Secretaria de Desenvolvimento Social, situada na avenida Getúlio Vargas, 3.417, das 8 às 12 e das 14 às 17 horas.

Nasf tem avaliação

Nasf auxilia trabalho realizado nos postos de Unidade de Saúde da Família

Profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf), da Secretaria de Saúde, estão realizando uma avaliação do trabalho desenvolvido pelo núcleo desde segunda-feira (9). Durante o evento, que vai até a sexta-feira (13), das 8 às 17 horas, os participantes irão também elaborar o protocolo que direciona as ações do Nasf.

No abertura do encontro, a coordenadora do núcleo, Cristiane Lopes Bastos, ressaltou a importância da avaliação. “Este é um espaço de diálogo, onde poderemos avaliar o trabalho que estamos desenvolvendo e assim gerar ações capazes de aprimorar o atendimento a população”, destaca.

Na manhã do primeiro dia da reunião, o encontro teve palestra sobre a Definição, Regulamentação e Princípios e Diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), ministrada pela supervisora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Erika Sabrina. Ainda pela manhã, Mônica Rios, também supervisora do órgão, falou a respeito do “Pacto da Saúde”, firmado entre União, Estado e Município, e sobre “SUS: Estratégia de Saúde da Família”.

Na tarde, os participantes puderam conhecer melhor a portaria de nº 648, que aprovou a Política Nacional de Atenção Básica, através da palestra da enfermeira referência em Saúde do Adolescente da Secretaria de Saúde, Kariane Almeida.

Nesta terça-feira (10), “Marcos Históricos e Processo de Trabalho do Nasf” serão apresentados pela coordenadora Cristiane Lopes Bastos, das 8 às 12 horas. A partir das 13 horas, a enfermeira responsável pela Linha de Cuidado da Secretária de Saúde, Eulália Lima, e a representante da 2ª Diretoria Regional de Saúde (Dires), Iracema Bandeira, irão falar a respeito da “Proposta da Linha de Cuidado” e sobre a “Humanização e Acolhimento” voltados para o pacientes.

O secretário de Saúde, Rafael Pinto Cordeiro, informa que “o Nasf auxilia o trabalho realizado nos postos de Unidade de Saúde da Família (USF) através de equipes especializadas em psicologia, nutrição, educação física, terapia ocupacional, farmácia, fisioterapia e serviço social. A soma desses conhecimentos permite que o paciente seja avaliado de uma forma ampla, o que favorece uma melhor resolução do problema de saúde”, salienta.

Prefeitura é parceira na Caminhada do Folclore

Mais de 100 grupos inscritos para participar do evento

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa, é parceira da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), por meio do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), na realização da décima primeira edição da Caminhada do Folclore, evento inserido no Guia de Bens Culturais do Brasil, produzido e publicado pelo projeto Tesouros do Brasil, que ocorre no domingo (29).

A proposta da manifestação é realizar um desfile de grupos folclóricos que mostram diferentes aspectos dos traços culturais de Feira de Santana e de outros municípios da Bahia. “Enfim, o que pretendemos é resgatar, preservar, divulgar e valorizar as nossas tradições populares”, destaca Selma Oliveira, diretora do Cuca, que acrescenta que o evento é único na Bahia com esse perfil.

Cerca de 100 grupos, dos quais 48 são de Feira de Santana e região, estão inscritos para participar da Caminhada. Além desses, mais 53 grupos de outras cidades a exemplo de Água Fria, Alagoinhas, Anguera, Antônio Cardoso, Araci, Barrocas, Conceição do Jacuípe, Ipirá, Irará, Pedrão, Salvador, Santa Bárbara, Santo Amaro, Santo Estevão, Serra Preta, Tanquinho e Teodoro Sampaio vão marcar presença na avenida Getúlio Vargas.

O evento começa às 8 horas com a concentração de grupos folclóricos no Centro de Cultura Amélio Amorim, no bairro Capuchinhos. Em seguida, haverá organização e harmonização na rua Frei Aureliano, também nos Capuchinhos, com início dos desfiles programado para às 9 horas, saindo da avenida Getúlio Vargas, com encerramento na Praça de Alimentação.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112563 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]