Comunidade de Minuim em Santa Brígida vai assumir processo de dessalinização

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A comunidade de Minuim, situada no município de Santa Brígida, na Bahia, prepara-se para receber um sistema de dessalinização (retirada do excesso de sal e outros minerais da água para torná-la mais potável). A população da região foi treinada para se adaptar ao processo, que faz parte da implantação da unidade demonstrativa do Programa Água Doce (PAD).

Além do treinamento, foram realizadas oficinas de sustentabilidade com alunos de escolas municipais e pessoas da comunidade, um curso teórico e prático para operadores do sistema de dessalinização, além de um acordo de gestão construído e aprovado pelos moradores da localidade, onde serão definidas as regras que vão orientar os direitos e os deveres dos cidadãos que serão beneficiados pela água produzida pelo sistema.

A unidade demonstrativa compõe o sistema de produção integrado, que abrange a recuperação ou instalação de dessalinizador, criação de tilápia e cultivo da erva-sal.

Desenvolvido pela Embrapa Semiárido, o processo servirá à população de Minuim como uma alternativa de uso adequado para o efluente (carga orgânica concentrada) do sistema de dessalinização, minimizando impactos ambientais e contribuindo para a segurança alimentar.

As atividades foram iniciadas em maio, por meio das obras civis, incluindo o sistema de irrigação. O plantio das mudas da erva-sal ocorreu no início de julho, através da equipe da Embrapa Semiárido, contando com o apoio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) e da população.

Na Bahia, o Programa Água Doce é coordenado pelo Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá), em parceria com a Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (Cerb), Instituto do Meio Ambiente (IMA), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Bahia Pesca, EBDA e Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs).

Tecnologias alternativas

O ‘Água Doce’ estabelece uma política pública permanente de acesso à água potável para consumo humano, promovendo e disciplinando a implantação, a recuperação e a gestão de sistemas de dessalinização ambiental e socialmente sustentáveis por meio do uso de tecnologias alternativas.

De 3 a 6 deste mês, aconteceu o 4º Encontro de Formação do PAD, em Natal (RN). A abertura do evento, no município de São José do Seridó, contou com a presença do diretor-geral do Ingá, Wanderley Matos, que assinou a renovação do termo de cooperação técnica, dando prosseguimento ao programa.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 105632 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]