Agricultura familiar tem mais crédito em Feira de Santana

Ao gerar trabalho e contribuir para o aumento da produção familiar, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), colaboraram fortemente para fixar as pessoas no campo. A comprovação veio por meio da união entre os parceiros ASCOOB e Banco do Brasil na liberação de créditos do PRONAF para cerca de 3 mil agricultores da região de Feira de Santana/BA.

Os parceiros estarão reunidos no dia 06 de Agosto, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Feira de Santana/BA, para avaliar e planejar as ações para o Plano Safra 2010/2011.

Para a Safra 2010/2011 será destinados R$ 4,21 bilhões, o que representa um aumento de 5,7% em comparação com a safra passada. Desses recursos, R$ 3,21 bilhões se destinam às operações de custeio, investimento e comercialização da agricultura empresarial e dos médios produtores, um aumento de 4,6% e R$ 1 bilhão, via PRONAF, para as operações da agricultura familiar, que corresponde a um aumento de 9,3% em relação a safra anterior.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9394 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).