Agricultura familiar na alimentação escolar será debatida em seminário

Os programas de aquisição de alimentos da agricultura familiar para as escolas da rede estadual serão apresentados nesta quinta-feira (19/08/2010) no Seminário Estadual de comercialização dos produtos da agricultura familiar no mercado institucional: dinamizando a economia dos Territórios. Durante o evento, o superintendente de Organização e Atendimento Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, José Maria Dutra, fala sobre os desafios e as perspectivas para o cumprimento da lei federal nº 11.974/09, que determina que pelo menos 30% da alimentação escolar fornecida para as escolas públicas estaduais sejam de alimentos provenientes do cultivo das famílias.

“A ponta, que nesse caso são os agricultores, precisa ter conhecimento e compreender os procedimentos que o Estado está adotando para viabilizar a compra. Também é uma oportunidade de nos aproximarmos mais dos agricultores familiares”, avalia o superintendente. Segundo ele, no intuito de viabilizar as compras, técnicos da Secretaria da Educação têm visitado municípios para conhecer as experiências de compras adotadas e também para promover parcerias para facilitar as compras.

Valença, Irecê e a região sisaleira são as áreas mais adiantadas, no que diz respeito ao desenvolvimento e esclarecimento do projeto para alunos e agricultores de suas regiões. A iniciativa está em fase de implantação e a previsão é que, até o final de 2010, as escolas da rede estadual estejam completamente inseridas no projeto. “É uma lei que tem que ser cumprida. Ela veio para melhorar a qualidade da alimentação dos estudantes, que agora estão consumindo produtos saudáveis, e para dinamizar a economia nos municípios”, avalia o superintendente José Maria Dutra.

Com a inserção dos produtos da agricultura familiar, o cardápio dos alunos passa a ter alface, batata, beterraba, couve, farinha de milho, leite em pó, mandioca, repolho e frutas, em substituição a produtos industrializados. A agricultura familiar é constituída de pequenos e médios produtores rurais, comunidades tradicionais e assentamentos da reforma agrária. Entre os principais produtos estão milho, aipim, farinha de mandioca, legumes e hortaliças.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]