Vereador Roberto Tourinho volta a cobrar melhorias para bancada de imprensa na Câmara Municipal de Feira de Santana

Roberto Tourinho: Sei das limitações financeiras, mas a Câmara Municipal necessita melhorar a qualidade dos equipamentos, uma vez que é uma instituição formadora de opinião pública que interage com a comunidade e com os mais variados meios de comunicação. A presença desses profissionais de imprensa engrandece o funcionamento do Legislativo.
Roberto Tourinho: Sei das limitações financeiras, mas a Câmara Municipal necessita melhorar a qualidade dos equipamentos, uma vez que é uma instituição formadora de opinião pública que interage com a comunidade e com os mais variados meios de comunicação. A presença desses profissionais de imprensa engrandece o funcionamento do Legislativo.
Roberto Tourinho: Sei das limitações financeiras, mas a Câmara Municipal necessita melhorar a qualidade dos equipamentos, uma vez que é uma instituição formadora de opinião pública que interage com a comunidade e com os mais variados meios de comunicação. A presença desses profissionais de imprensa engrandece o funcionamento do Legislativo.
Roberto Tourinho: Sei das limitações financeiras, mas a Câmara Municipal necessita melhorar a qualidade dos equipamentos, uma vez que é uma instituição formadora de opinião pública que interage com a comunidade e com os mais variados meios de comunicação. A presença desses profissionais de imprensa engrandece o funcionamento do Legislativo.

O vereador Roberto Tourinho, ontem (29/07/2010), durante discurso na sessão da Câmara Municipal, sugeriu ao presidente da Casa da Cidadania, vereador Antônio Carlos Passos Ataíde, que o período de recesso – 1º de julho a 02 de agosto – possa ser usado para resolver os problemas da bancada de imprensa na Câmara.

Segundo o edil, as queixas mais frequentes são os problemas de instalação elétrica que causam interferência no som e a falta de espaço para os profissionais de imprensa que fazem a cobertura dos trabalhos legislativos. Para o vereador, esses transtornos precisam ser evitados com urgência.

“Sei das limitações financeiras, mas a Câmara Municipal necessita melhorar a qualidade dos equipamentos, uma vez que é uma instituição formadora de opinião pública que interage com a comunidade e com os mais variados meios de comunicação. A presença desses profissionais de imprensa engrandece o funcionamento do Legislativo”, declarou Tourinho.

Em aparte, o presidente da Casa Legislativa informou que já solicitou do Executivo um profissional para desenvolver um projeto de reforma que atenda as necessidades da bancada de imprensa. Antônio Carlos Passos Ataíde disse também que já acionou o diretor da empresa que fez a reforma da Câmara, visando um orçamento para essa finalidade. Conforme o vereador, “a dificuldade maior está na parte financeira da Casa para despesas, visto que não estava na programação. Mas por necessidade de atender bem a imprensa, nós vamos nos empenhar bastante para resolver esses problemas, no período do recesso”, afirmou.

Vereadores avaliam 1º semestre e fazem agradecimentos

A Câmara Municipal de Feira de Santana realizou, hoje (30), a última sessão do 1º semestre, em virtude do período de recesso (1º de julho a 02 de agosto). Na oportunidade, os vereadores destacaram suas ações em prol do desenvolvimento da cidade e do bem estar da população, além de prestarem agradecimentos ao prefeito Tarcízio Pimenta, secretários municipais, funcionários da Casa da Cidadania e profissionais de imprensa.

O vereador Reinaldo Miranda – Ronny – (DEM) foi o primeiro a discursar. Ele deu ênfase aos meios de comunicação: blogs, jornais impresso, emissoras de rádio, entre outros, que fazem a cobertura dos trabalhos legislativos. “Agradeço pelo trabalho desenvolvido dos profissionais de imprensa, durante este semestre. Sem vocês os nossos trabalhos, as nossas indicações, requerimentos e projetos que tramitam nesta Casa, sem sombra de dúvida, não teriam como ser levados para a população e para as comunidades que aqui representamos”.

Em seguida, Ronny elogiou o chefe do Executivo por todos os pleitos atendidos. “Agradeço ao prefeito Tarcízio Pimenta por contemplar nossas indicações, sobretudo, no que diz respeito à pavimentação de diversas ruas em vários bairros da sede e da zona rural, como por exemplo, nos bairros: Parque Sabiá, Renascer, Violeta, Parque Ipê e distrito de Maria Quitéria”.

O vereador Luiz Augusto – Lulinha – (DEM), também afirmou que, neste semestre, várias de suas indicações foram atendidas pelo Governo Municipal, dentre elas, a construção de escolas, nos bairros Candeal II e Alto do Papagaio; pavimentação de ruas Canto do Buriti e Caratapema, ambas do bairro Conceição II; construção da Praça da Parrudinha e reforma da Creche Tio Jonas, no loteamento Parque Brasil, no bairro da Conceição.

Lulinha também parabenizou o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). “O secretário Flailton Frankles é um secretário de palavra. Todas as reuniões que participou comigo, em diversas comunidades, ele garantiu o compromisso que ele assumiu nas localidades. No distrito de Jaíba, por exemplo, o secretário resolveu um problema crônico de falta de ônibus. O transporte melhorou nas localidades de São Domingos, São Francisco, Candeal I e Candeal II, entre outros”.

O vereador Ângelo Almeida (PT) declarou que encerra o 1º semestre com a consciência tranquila que desenvolveu um bom trabalho no campo social. “Procuramos fazer aqui o melhor que podemos fazer. Temos dado diversas oportunidades, através de provocações políticas, de criar fórmulas de canalizar atenções de políticas públicas para quem precisa de atenção”. Na sequencia, o petista disse que apresentará o relatório de todas as ações desenvolvidas por ele e da comissão que preside. (Comissão de Meio Ambiente, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor).

O vereador José Sebastião – Bastinho – (PRTB) afirmou que tem produzido muito na Casa da Cidadania. “Como vereador desta Casa, tenho dado o máximo da minha pessoa para somar com o município de Feira de Santana, assim como no ano passado, que esta Casa aprovou vários projetos de nossa autoria, este ano, tivemos a oportunidade de apresentar o projeto “Cidade Verde”. Por entenderem que esse projeto é de grande valia para o município, os vereadores aprovaram por unanimidade”.

Na oportunidade, Bastinho teceu elogios a Mesa Diretiva da Casa da Cidadania. “Parabenizo, a Mesa Diretiva desta Casa, na pessoa do presidente Carlito do Peixe, que com muita hombridade e honestidade vem conduzindo os trabalhos legislativos”. O vereador também ressaltou o trabalho dos profissionais de imprensa que têm responsabilidade no tratamento da informação. “Parabenizo os profissionais que cobrem os trabalhos desta Casa. Aqueles que têm a consciência limpa, que trabalham com honestidade, sem manchar a imagem de nenhum vereador aqui”, declarou Bastinho.

De acordo com o vereador Roberto Tourinho (PSB), “a grande quantidade de matérias, que foram discutidas e votadas no primeiro semestre, demonstram a produtividade desta Casa Legislativa. 135 matérias legislativas foram apreciadas, projetos do Executivo, projetos de leis ordinárias, leis complementares, projetos de resolução, projetos de decreto legislativo, indicações, requerimentos, moções, entre outros. Foram realizadas 65 sessões ordinárias, 10 sessões solenes e 8 sessões especiais”, informa o vereador.

Roberto Tourinho também agradeceu aos profissionais de imprensa e funcionários da Câmara Municipal pelos serviços prestados em prol do bom funcionamento do Legislativo.

O vereador Antônio Francisco Neto – Ribeiro – (DEM) finalizou com agradecimentos. “Quero agradecer, em nome do prefeito Tarcízio Pimenta, a todos os vereadores pela convivência e a tolerância, em especial a bancada do governo. Vale salientar que esta bancada, até o dia de hoje, está dando total apoio ao Governo Municipal. Quero também parabenizar os vereadores de oposição por essa oposição com tranquilidade e com responsabilidade ao Poder Executivo”.

Projeto que propõe adaptação de elevadores é retirado de pauta para ajustes

O vereador David Neto retirou de pauta o projeto de sua autoria que dispõe sobre a adaptação de elevadores a serem instalados em edificações de uso residencial ou comercial, em Feira de Santana, para que possam atender a usuários que sofram de obesidade e que sejam portadores de necessidades especiais.

Contrário ao projeto, o vereador Marialvo Barreto propôs que o autor solicitasse o adiamento da matéria, para que houvesse uma consulta à Comissão de Ética da Universidade Estadual de Feira de Santana. Ele vê uma irregularidade na matéria. “O projeto cria uma categoria de seres humanos, a de gigantes, que na realidade não existe”, disse ele.

Marialvo também não vê necessidade de adaptação de elevadores para atender a obesos, anões e portadores de deficiências. “Os elevadores são feitos sob o mesmo padrão. Não existe obstáculo entre o equipamento e o piso dos imóveis”, ponderou.

Para o vereador Roberto Tourinho, as observações de Marialvo são pertinentes. “O projeto é bom, mas necessita de correções, principalmente no que diz respeito à criação de uma categoria humana denominada ‘gigante’, que não faz parte do grupo de pessoas portadoras de necessidades especiais”, disse ele. Em seu entendimento, seria interessante que o autor solicitasse o adiamento da matéria para as devidas consultas.

O vereador David Neto declarou que o projeto afeta apenas as futuras construções que necessitem de elevadores. As que já existem não estarão obrigadas a ser adaptadas à lei. Mas decidiu acatar as sugestões de Tourinho e Marialvo, retirando o projeto de pauta. “Vamos reapresentá-lo no próximo semestre, provavelmente com a correção da palavra gigante”.

Adiada votação de projeto que muda nome de logradouro no bairro Mangabeira

Um projeto de lei que propõe a mudança de nome de um logradouro público no bairro Mangabeira, aprovado em primeira discussão, teve adiada a segunda votação, na sessão desta quarta-feira (30) da Câmara Municipal. O que motivou o adiamento da matéria foi uma advertência feita pelo vereador Luiz Augusto de Jesus sobre a possibilidade de que a comunidade do bairro não aprove a mudança, em sua maioria.

A proposta, de autoria do vereador Alcione Cedraz, muda o nome da Rua Miranda, como é atualmente denominada, no bairro Mangabeira, para Antônio Gonçalves Costa.

“Temos aqui, nas galerias da Casa, a presença de um morador do bairro Mangabeira, que diz não ter conhecimento de quem se trata o senhor que deve emprestar o nome à rua. Creio que seria prudente, de nossa parte, adiar esse projeto, para que o autor possa melhor esclarecer, inclusive ouvindo a comunidade”, declarou o vereador Luiz Augusto.

O vereador Alcione Cedraz disse á Assessoria de Comunicação da Câmara que o homenageado, Antônio Gonçalves, é falecido há 10 anos, razão pela qual alguns moradores podem não se recordar de sua passagem pela rua. Ele acredita que o projeto será aprovado em segunda votação, quando retornar à pauta.

Expediente da Câmara durante o recesso parlamentar acontece das 7h30min às 13h30min

A Câmara Municipal encerrou nesta quarta-feira (30) os trabalhos de plenário desta 1ª etapa do 2º período referente à 16ª legislatura, mas os vereadores continuarão trabalhando, nos próximos 30 dias, atendendo à comunidade e elaborando proposições. Seus gabinetes estarão funcionando normalmente, durante o recesso parlamentar de meio de ano.

O recesso é previsto em lei. Até o dia 1º de agosto, estão suspensas as sessões ordinárias que acontecem as segundas, terças e quartas-feiras. A primeira sessão legislativa da 2ª etapa do atual período está prevista para o dia 2 de agosto.

O presidente da Casa da Cidadania, Antônio Carlos Passos Ataíde, anunciou, durante a sessão, que o prédio da administração da Câmara e o anexo, onde funcionam os gabinetes dos vereadores, estarão funcionando, durante o recesso, no horário das 7h30min às 13h30min.

José de Arimatéia diz que vereador não tira férias no recesso

A Câmara Municipal de Feira de Santana realizou na manhã desta terça-feira (30) a última sessão ordinária do período e os trabalhos em plenário só serão retomados no dia 2 de agosto, após o recesso de meio do ano. Em pronunciamento na tribuna, o vereador José de Arimatéia (PRB) disse que não se trata de férias e pediu à imprensa que não divulgue essa idéia, porque é um equívoco.

“Continuamos trabalhando no recesso, apenas não há sessões”, explicou vereador, acrescentando que “estamos fazendo jus à representação que a população nos confiou”. Ele lembrou que os gabinetes funcionam normalmente durante o período em que as atividades no plenário estão suspensas e os vereadores cumprem suas agendas, inclusive fora do espaço da Casa da Cidadania.

José de Arimatéia pediu à imprensa também que divulgue a mudança na forma de votar. Nas eleições de outubro o eleitor só poderá votar apresentando o título e um documento de identificação com foto. “Não será aceito apenas um documento, tem que ter os dois e essa exigência pode causar problemas na hora da votação, se não for bastante divulgada a informação”, justificou o vereador.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108850 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]