SETRE debate economia solidária na SUPERBAHIA 2010

A economia solidária e a intermediação para o trabalho são dois temas que a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) está apresentando na Superbahia 2010, feira que reúne, no Centro de Convenções da Bahia, até quarta-feira (21/07/2010), fornecedores e empresas do comércio varejistas de autosserviço de todo o Brasil. O evento é promovido pela Associação Bahiana de Supermercados (Abase), em parceria com a Associação dos Distribuidores e Atacadistas da Bahia (Asdab) e com o Sindicato dos Supermercados e Atacados de Auto Serviço do Estado da Bahia (Sindsuper).

Para o chefe de gabinete da Setre, Elias Dourado, que representou, na abertura do evento, o secretário do Trabalho, Nilton Vasconcelos, o propósito do estande da Setre é aproximar o empresariado do setor com os serviços prestados pelo SineBahia.

“Faremos o cadastro das empresas participantes e um levantamento das demandas de mão-de-obra do segmento. Posteriormente, faremos o planejamento para os cursos de qualificação que serão oferecidos pela Setre”, adiantou.

Também presente à feira, o Instituto Mauá, autarquia vinculada à Setre, aposta no Projeto Crescer da Associação Comunitária de Lagoa dos Patos, de Lauro de Freitas, que desenvolve um trabalho conhecido como “Fábrica de Papel”.

O Superbahia 2010 traz como proposta promover acessos às mais recentes tecnologias, produtos, equipamentos e serviços de praticamente todos os nichos ligados ao setor varejista. Os organizadores estimam a presença de 10 mil participantes na feira, entre representantes de supermercadistas dos estados da Bahia e Sergipe, atacadistas, distribuidores, proprietários de delicatessen, padarias, lojas de conveniência, restaurantes, hotéis e representantes comerciais.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108236 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]