Serra elogia Lula e diz que governo é forte, mas tem base aliada fraca

Serra elogia Lula e diz que governo é forte, mas tem base aliada fraca.
Serra elogia Lula e diz que governo é forte, mas tem base aliada fraca.
Serra elogia Lula e diz que governo é forte, mas tem base aliada fraca.
Serra elogia Lula e diz que governo é forte, mas tem base aliada fraca.

O candidato à Presidência da República pela coligação O Brasil Pode Mais, formada pelo PSDB, DEM, PPS, PTB e PT do B, José Serra, elogiou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista ao Programa 3 a 1 , da TV Brasil, que vai ao ar hoje (22/07/2010) às 22h, Serra disse que Lula é o responsável por um “governo forte” e que os programas sociais, como o Bolsa Família, são positivos na divulgação da imagem do país no exterior. Serra prometeu que, se for eleito, reforçará o Bolsa Família. Ele criticou, no entanto, a base aliada ao governo no Congresso Nacional.

“O governo Lula é forte pelo prestígio do presidente, mas, no Congresso, é fraco. O governo é popular por causa do presidente, não é porque tem uma base no Congresso. No Congresso, é fraco”, afirmou o candidato do PSDB durante a entrevista, da qual participaram os jornalistas Tereza Cruvinel, diretora-presidente da EBC; João Bosco Rabello, diretor da sucursal de O Estado de S.Paulo em Brasília, e Luiz Carlos Azedo, colunista do Correio Braziliense.

Desde ontem (21) a TV Brasil promove uma rodada de entrevistas com os três candidatos mais bem colocados nas pesquisas – Dilma Rousseff, do PT, José Serra, do PSDB, e Marina Silva, do PV, que foram ouvidos em dias alternados. A definição da ordem das entrevistas ocorreu por meio de sorteio. Amanhã (23) será apresentada a entrevista de Marina.

No programa, Serra elogiou a divulgação do Brasil no exterior por meio dos programas sociais, como o Bolsa Família. Ele disse que, se for eleito, “reforçará” o programa. “Em geral, a projeção do Brasil [no exterior] foi positiva por causa dos ‘bolsas’ [alguns programas sociais cujos nomes nomes começam com a palavra ‘bolsa’]”, disse ele.

Em seguida, o candidato a presidente afirmou que pretende fortalecer o Bolsa Família e coordená-lo com outro programa social, o Saúde da Família. “Eu fortalecerei o Bolsa Família e o Saúde da Família, que eu implantei, não estão coordenados [a ideia é coordenar]”, garantiu Serra.

O candidato disse que é possível melhorar a área social no Brasil, mas ressaltou que, para isso, é fundamental ter confiança e ser otimista. “Tenho confiança e otimismo”, afirmou.

Sobre Carlos Augusto 9506 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).