SEAGRI debate cultura do alho em Brotas de Macaúbas e Pindaí

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Difundir tecnologias de produção da cultura de alho vernalizado e livre de vírus, nas regiões produtoras do Estado. Esse é o objetivo da Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), por intermédio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A. (EBDA), que realiza dois dias de campo nos municípios de Brotas de Macaúbas, na próxima quarta-feira (07/07/2010), e em Pindaí, quinta-feira (8).

O evento é uma Iniciativa das gerências regionais de Seabra e Caetité (escritório local de Guanambí), em parceria com a Embrapa Hortaliças, e deverá reunir, durante os dois dias, mais de 500 agricultores familiares, além de técnicos e autoridades regionais e municipais.

Segundo Humberto Carvalho Morais, técnico em agropecuária do escritório de Boninal, um dos organizadores, constam da programação atividades de campo, com explanação in loco, visita a uma unidade de multiplicação de alho-semente livre de vírus e demonstração e degustação de produtos à base de alho. “Tanto agricultores como a comunidade local terão a oportunidade de conhecer técnicas de produção adequadas à região, além de provar as muitas iguarias feitas com o alho”.

Na Bahia, a principal região de cultivo de alho é a Chapada Diamantina, com área colhida de 243 hectares (39% do Estado); produção de 1,82 mil toneladas (42% do Estado) e produtividade de 7,5 toneladas por hectare, segundo Humberto Morais. Ele informou ainda que, em 2008, a área colhida, em todo o Estado, foi de 628 hectares, quando a produção chegou a 4,32 mil toneladas, e produtividade média de 7 toneladas por hectare.

A empresa já vem desenvolvendo experiências com alho em diversas regiões da Bahia, sendo que os municípios de Brotas de Macaúbas, Cristópolis, Dom Basílio, Piatã, Pindaí, Urandi, e Novo Horizonte (maior produtor baiano) são os principais produtores.

Nestas localidades, o trabalho consiste na introdução de variedades vernalizadas (processo de indução do alho-semente, em câmaras de resfriamento), com as variedades Roxo, Pérola de Caçador, Quitéria e Jonas, as não-vernalizadas, com as variedades Cateto-Roxo e Amarante, e as livres de vírus, a Quitéria e a Cateto-roxo.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 105827 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]