Salvador registra desceleração da inflação em junho

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.

A capital baiana apresentou desaceleração de -0,21% da inflação no mês de junho. No acumulado do semestre, a variação dos preços dos produtos e serviços chegou a 3,01%. A informação é do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan). O IPC/SEI apontou inflação de 0,49%, em maio de 2010, e de 0,33%, em junho de 2009.

Dos 375 produtos e serviços pesquisados mensalmente pelo IPC/SEI, 159 apresentaram acréscimos, 127 registraram queda nos preços e 89 não tiveram alterações. Os itens que mais influenciaram na desaceleração da inflação foram batata-inglesa (-22,93%), ingresso para futebol (-16,13%), maracujá (-14,88%), bicicleta (-13,99%), tomate (-13,49%), pimentão (-13,21%), freezer (-10,66%), repolho (-10,00%), coentro (-9,47%) e roupa de dormir feminina (-9%).

Dos sete grandes grupos que compõem o IPC/SEI, quatro variaram positivamente, enquanto três registraram decréscimos. Os grupos que tiveram variações positivas foram Alimentos e bebidas (0,04%), Artigos de residência (0,18%), Habitação e encargos (0,19%), Vestuário (0,88%). Os que apresentaram variações negativas, pressionando a desaceleração da inflação, foram Saúde e cuidados pessoais (-1,21%), Transporte e comunicação (-0,61%), Despesas pessoais (-0,16%).

Preço da cesta básica cai 2,99%

O preço da cesta básica apresentou redução de -2,99% em junho, quando comparado com maio de 2010, passando a custar R$ 182,51. Com esse resultado, a inflação acumulada no semestre foi calculada em 9,23%. O tempo de trabalho necessário para se obter à cesta básica foi de 85 horas e 53 minutos e o trabalhador comprometeu 35,79% do salário mínimo para adquirir os produtos.

Dos 12 itens que compõem a cesta básica, seis produtos apresentaram variações positivas – Manteiga (0,25%), Óleo de soja (0,40%), Farinha de mandioca (0,50%), Pão francês (0,73%), Café moído (0,78%) e Feijão (3,08%) – e seis registraram variações negativas – Tomate (-13,49%), Banana-prata (-7,77%), Açúcar cristal (-1,40%), Carne bovina “cruz-machado” (-1,18%), Leite pasteurizado (-0,88%) e Arroz (-0,51%).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112939 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]