Peixamentos levam mais renda aos pescadores de Paramirim

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Próximo povoamento de aguada com alevinos acontece na terça-feira (27/07/2010) em Paramirim e beneficiará nove mil pessoas.

O projeto de povoamento de aguadas públicas realizado pela Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), através da Bahia Pesca, beneficiará mais de 1200 famílias nesta terça-feira (27/07). Na data, os pescadores do município de Paramirim (a 742 km de Salvador) receberão 100 mil alevinos de tilápias, que serão colocados na Barragem de Zabumbão.

“O objetivo é aumentar a oferta do pescado na região e dar uma nova opção de renda para estas famílias”, explica o diretor-presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli. O peixamento em Paramirim deve gerar cerca de 15 toneladas de peixe dentro de um ano, quando os animais estiverem crescidos e com peso ideal para consumo dos próprios pescadores ou comercialização.

Unidade demonstrativa de Sobradinho

O povoamento na Barragem de Zabumbão foi precedido de outro peixamento realizado em Sobradinho, no dia 21 de julho. Na ocasião a Bahia Pesca entregou a diversas associações de pescadores do município 30 mil alevinos de tilápias. Os peixes foram depositados nas Unidades Demonstrativas de Piscicultura (conjunto de tanques-rede onde é feita a alevinagem e engorda dos peixes) da cidade.

“Os filhotes passarão entre 30 e 45 dias nos tanques de alevinagem. Ao atingirem um determinado tamanho, passam para o tanque de engorda onde ganharão peso e crescerão ainda mais. Dentro de cinco ou seis meses estes alevinos estarão se transformando em quase 17 toneladas de pescado”, comemora Albagli. O quilo da tilápia pode alcançar até sete reais nas feiras e mercados da região. Isto significará um incremento de aproximadamente R$ 400 na renda de cada família envolvida no processo. “Este é só o primeiro lote. A Unidade Demonstrativa de Piscicultura de Sobradinho tem capacidade para produzir mais de 100 toneladas de peixe por ano”, conta o presidente.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Dúvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozóide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua como incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: reyapeixoto@yahoo.com.br.