O caminho a seguir… | Por R. C. Amorim Neto

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Descobrir o que nos motiva é essencial para nosso processo de autoconhecimento. São os propósitos mais importantes que nos levam a assumir atitudes desafiadoras e mesmo perigosas. Quando a vida se torna difícil, são os ideais que nos lembram onde queremos chegar e nos dão força para enfrentar as dificuldades. São eles também que nos ajudam a organizar o tempo, dando prioridade ao que realmente importa.

É claro que nossas metas também mudam com o tempo. O adolescente que dedicou os três anos de Ensino Médio e mais um ano de cursinho para ser aprovado no vestibular assumirá sua formatura como um novo objetivo a ser atingido, e depois disto um bom emprego, e assim por diante. A cada etapa de nossas vidas um novo ponto a ser atingido, ou apenas conquistas menores que são instrumentos para atingir aquelas maiores que dão sentido à vida.

Muitos acreditam que conhecem bem o caminho a ser seguido. Entretanto, é possível que estejam enganados. Para descobrir suas verdadeiras intenções, a melhor estratégia é prestar atenção às suas ações em vez de dar muita atenção àquilo que você diz. Seu comportamento, as pequenas decisões cotidianas refletem seus verdadeiros ideais. Se por um acaso, ao observar suas atitudes, perceber que as escolhas que você tem feito não estão ligadas ao seu grande objetivo na vida, talvez esteja na hora de parar e refletir.

Ter metas a curto, médio e longo prazo, e ter certa clareza sobre eles nos torna mais confiantes, porque eles servem como lentes que ajudam a fazer as escolhas certas e também a dar sentido aquilo que fazemos na vida. É claro que a cada etapa da vida precisamos reajustar nossos propósitos, não apenas avaliando o quanto ainda nos falta para atingi-los, mas também celebrando aquilo que já conquistamos, e expressando gratidão por isto.

Algumas situações, como nuvens escuras no horizonte, podem encobrir o porto de chegada, e quando isto acontece, é importante que reforcemos nosso senso de objetividade. É claro que a melhor forma de manter propósitos vivos é desenvolvendo a interioridade, estando conectado conosco mesmos. Contudo, existem ações simples que podem ser úteis. Algumas pessoas, por exemplo, carregam consigo ou mantém em um local visível no quarto ou na mesa de trabalho um objeto que lhes recorde seus desejos mais profundos. A foto de um líder, um livro inspirador, uma citação. Uma colega minha mantém o último cartão que seu pai lhe enviou antes de falecer em sua mesa de trabalho. Quando ela se sente frágil ou confusa, relê as palavras de seu pai, que fez tantos esforços para garantir que ela fosse uma pessoa feliz e bem-sucedida. Isto lhe dá forças para seguir em frente. Outras pessoas mantêm certos rituais, como almoçar uma vez por mês com um professor que lhe serviu de inspiração, ou recontar para si mesmo uma velha história vivida por membros da família.

Cada um deve descobrir o seu modo de estar permanentemente ligado aos ideais, pois quando perdemos o contato com eles, também perdemos a capacidade de encontrar sentido naquilo que fazemos e somos.

Finalmente, é importante dizer que se você não está disposto a fazer sacrifícios para alcançar seus propósitos, talvez seja melhor parar onde está ou ficar apenas na ilusão, pois os ideais que dão uma preciosa sensação de confiança e direção na vida também exigem muito de nós. Quanto mais elevados forem seus objetivos mais exigentes eles serão. Quanto mais esforço fizer para atingir aquilo que você busca, maior será o prazer ao alcançá-los.

Visite o Blog Sentido: www.blogsentido.com.br

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109706 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]