MAC Comemora 14 anos com Diversificada Programação Cultural

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Na próxima quinta-feira, dia 22 de julho de 2010, às 20 horas, o Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC) vai comemorar 14 anos de existência com uma diversificada programação cultural, envolvendo artes visuais, performance e literatura, em um só evento.

Nas Artes Visuais, o arquiteto, artista plástico e poeta baiano Almandrade expõe “A arte de Almandrade”; Rener Rama, artista plástico baiano, natural de Serrinha, expõe “Retrospectiva de Rener Rama”; O Grupo Úbere, formado por Tanile Maria, Leandro Ferreira, Josemar Antonio e Davi Bernardo, faz a sua primeira exposição, intitulada “Desloque-se”; Denilson (Coruja) Santana, historiador e artista plástico, natural e residente em Cruz das Almas, traz ao museu a exposição “Nicotinianas”; Estreando a coleção Rabiscos das Edições – MAC (coordenada por Maristela Ribeiro), Marcio Junqueira, poeta, desenhista e mestre em literatura brasileira, lança “Voilá mon cour”, livro de ilustrações.

Em Performance, o artista multimídia Vitor Venas apresentará a performance “o deserto” com utilização de raio laser. Ele é Integrante do Grupo de pesquisa Arte Hibrida e do Grupo X de Improvisação em Dança da UFBA faz Mestrando em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFBA e desde 1992 tem produzido e participado de salões e eventos na área artístico-cultural.

Na Literatura, a Edições-MAC vai lançar cincos livros de literatura de uma só vez, entre poesia e ficção. Pela coleção Flor de Mandacaru, coordenada por Telma Siqueira e Araylton Públio, o ficcionista Beldes Ramos lança “Uma Borboleta na Noite”; Dois livros de poemas, “Malabarismo das pedras” (Almandrade) e “Cachorro rabugento morto em noite chuvosa” (Nelson Magalhães Filho) com ilustrações de Devarnier Hembadoon, da coleção Aldebarã, coordenada por Roberval Pereyr, serão lançados; bem como o segundo e terceiro volumes da coleção Nova Letra, coordenada por Ederval Fernandes, dedicada a jovens escritores da cidade: “Apátridas” (Luciano Penelu) e “O Beco de Tatá: crônica feirense” (João Daniel G. de Oliveira).

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108671 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]