Casa das Sete Mortes, Centro Histórico do Pelourinho, Salvador

Casa das Sete Mortes, Centro Histórico do Pelourinho, Salvador

Casa das Sete Mortes, Centro Histórico do Pelourinho, Salvador.

A Casa das Sete Mortes foi decretada Patrimônio Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1943. Dentre as várias lendas que existem sobre o nome, o real está documentado no Arquivo Público da Bahia e registra que, em 1756, foram ali assassinados a facadas o Padre Manuel de Almeida, dois escravos negros e um homem pardo liberto. A apuração durou anos, variando os acusados, sem punir ninguém. A casa tem na fachada principal sete entradas, três portas, na parte inferior, e quatro janelas, na superior.