Escolas de Madre de Deus superam meta do MEC

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.

As escolas de Madre de Deus superaram a meta do Ministério da Educação (MEC) na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB/2009), que é um indicador da qualidade do ensino público brasileiro. O município vem participando da avaliação e, este ano, alcançou os índices de 4.3 na avaliação da 1ª à 4ª séries, superando a meta do MEC de 4.0; e 3.3 na avaliação da 5ª à 8ª séries, contra 2.7 projetado pelo Ministério. “Estamos sempre buscando alternativas para a melhoria da qualidade do ensino público municipal e o resultado do IDEB mostra que estamos avançando”, disse a prefeita Nita Brito.

A Educação é uma das prioridades da prefeitura de Madre de Deus. Segundo a secretária Educação, Mamara Ribeiro, são 3960 mil alunos matriculados nas seis escolas do município, que conta com o melhor plano de carreira do Brasil. O plano aprovado na Câmara de Vereadores (Lei 462/08) foi comparado aos estatutos de 23 estados e de 19 cidades brasileiras que apresentam um sistema educacional avançado. O salário base do professor, após a implantação do Plano de Cargos e Salários, é de R$823,97, podendo alcançar R$1.100,00 com o acúmulo de gratificação.

O professor da Educação Infantil (1ª a 4ª séries), com doutorado, ao chegar aos 12 anos de carreira, pode alcançar uma remuneração superior a R$14 mil no regime de 40 horas. Um professor doutor que for contratado pela prefeitura vai receber cerca de R$3.295,88, sendo que a este valor pode ser somado 43%, relativo a incentivo de qualificação profissional e mais 30% por trabalhar um dia a mais que os professores do ensino fundamental. “O plano de cargos e salários garante crescimento profissional e avanço salarial dos professores ao longo da sua carreira”, comentou a prefeita Nita Brito.

Os docentes recebem ainda aperfeiçoamento profissional continuado, inclusive com licenciamento remunerado para este fim, e dispõe de período reservado para estudo, planejamento e avaliação incluídos na carga horária. A prefeita informou que recentemente a Uneb fez reciclagem pedagógica com 70 professores do nível fundamental.

Infraestrutura e tecnologia – A qualidade do ensino em Madre de Deus é garantida através de professores capacitados, de programas de informatização, do uso do sistema COC e do incentivo à leitura. O Complexo de Educação Municipal Professor Magalhães Netto, de ensino fundamental, é a maior escola do município com cerca de 1.750 alunos matriculados nos três turnos. O complexo dispõe de laboratório de informática com 14 computadores e dois monitores; biblioteca com dois mil livros; auditório para 300 pessoas; quadra-poliesportiva; e refeitório para 400 pessoas.

Os alunos do município recebem material didático e fardamento, dispõem de transporte escolar e merenda de qualidade, além de atendimento psicoterapêutico, estendido aos pais e educadores através do Caepe. Esse centro de atendimento tem como objetivos planejar e executar a jornada pedagógica municipal; dar continuidade à formação profissional e ao programa de complementação escolar (PCE), que inclui acompanhamento pedagógico, psicopedagógico, psicológico e social.

*Com informações de Aquatro Comunicação

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123126 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.