Deputado Heraldo Rocha critica Wagner e diz que ele tem caráter pseudo-republicano

“A tentativa do governador Jaques Wagner de desqualificar o jornalista Samuel Celestino, chamando-o de alérgico à verdade, é bem característico de sua personalidade contraditória e pseudo-republicana”, afirma o deputado estadual Heraldo Rocha (DEM).

Para o líder da oposição na Assembléia Legislativa, o governante petista também tem memória curta. “Ele se esquece dos elogios que há pouco tempo fez a Samuel Celestino, quando o presidente da Associação Baiana de Imprensa (ABI) foi eleito e tomou posse como membro da Academia de Letras da Bahia.

Segundo Heraldo Rocha, basta fazer uma rápida pesquisa no site da Agecom para encontrar a matéria da posse e lê as seguintes palavras de Jaques Wagner sobre Samuel Celestino: “o currículo e a qualidade do trabalho de Celestino, sobretudo na análise dos fatos políticos baianos, já justificam o ingresso do jornalista na Academia de Letras da Bahia”.

“Neste ataque gratuito ao jornalista Samuel Celestino, mais uma vez se evidencia que o republicanismo do atual governador da Bahia tem como premissa um velho e antidemocrático ditado, que diz: ‘aos amigos tudo, aos inimigos a lei’”, observa o deputado democrata.

No caso de Jaques Wagner, de acordo com ele, existe a agravante de que para se tornar inimigo do governador basta, como foi o caso do jornalista Samuel Celestino, responsável pelo site Bahia Notícias, querer desempenhar o papel profissional de informar a população sobre os acontecimentos.

“Será que não é notícia o governador do estado se internar num hospital em pleno domingo? A população que o elegeu não tem o direito de saber sobre o seu estado de saúde?”, indaga Heraldo Rocha.

Sobre Carlos Augusto 9463 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).