Deputado federal ACM Neto diz que PT comete abuso de poder econômico

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O deputado ACM Neto (DEM) acusou hoje (22/07/2010) o PT de praticar abuso de poder econômico e de usar a máquina pública na campanha eleitoral. Neto questionou a origem dos gastos de campanha do governador Jaques Wagner (PT), que mandou milhares de militantes pagos invadirem avenidas e ruas de Salvador, como aconteceu hoje na Avenida Luis Viana Filho, com bandeiras, balões, faixas e placas do petista.

“O governador Jaques Wagner está claramente usando a máquina pública em favor de sua campanha, peitando a Justiça Eleitoral. Só não ver quem não quer. E mais: ele está promovendo uma verdadeira invasão ilegal e imoral nas ruas de Salvador, pichando em espaços públicos e, no caso dos privados, sem a devida autorização, afrontando a legislação eleitoral de forma deslavada”, afirmou o parlamentar.

ACM Neto disse ainda que até na internet o PT está cometendo abusos e apelando para as ilegalidades, como revelou hoje reportagem do jornal O Estado de São Paulo, que denunciou a propaganda irregular de campanha no próprio site do governo do estado. “A Justiça Eleitoral precisa fiscalizar e punir esse tipo de crime. Precisa também apurar a origem de tanto dinheiro que o PT e seus aliados estão despejando nas ruas da capital e do interior”, salientou ACM Neto.

O deputado disse ainda que todas essas ações ilegais e imorais não vão esconder o verdadeiro legado que Wagner vai deixar para os baianos após concluir o seu governo. “Com o PT no poder, a Bahia foi tomada pela violência, perder prestígio econômico e viu seus índices educacionais e de saúde despencarem”.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9394 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).