Caminhada com Wagner, Pinheiro e Lídice reúne milhares de pessoas e governador ironizou adversários que criticavam a construção do HEC

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Wagner faz caminhada em Feira de Santana. Foto Manu Dias/Bahiafotos
Wagner faz caminhada em Feira de Santana. Foto Manu Dias/Bahiafotos
Wagner faz caminhada em Feira de Santana.  Foto Manu Dias/Bahiafotos
Wagner faz caminhada em Feira de Santana.
Foto Manu Dias/Bahiafotos

Caminhada

“Hoje iniciamos a nossa jornada até o dia 03 de outubro pela porta do sertão, pela Princesa do Sertão, e o que vi aqui hoje me faz acreditar que será uma jornada vitoriosa”. Foi dessa forma que o candidato ao Senado, deputado Walter Pinheiro, definiu a caminhada que tomou o centro de Feira de Santana na tarde dessa sexta-feira (23/07/2010) em apoio às candidaturas de Dilma, Wagner, Pinheiro e Lídice.

Cerca de 3000 pessoas acompanharam os membros da chapa majoritária, além de prefeitos e vice-prefeitos da região e candidatos a deputado estadual e federal dos partidos da coligação “Pra Bahia Seguir em Frente” (PT, PP, PSB, PDT, PCdoB, PRB, PSL e PHS).

Em seu discurso, Lídice, que completa com Pinheiro a dupla de candidatos ao Senado do projeto de Lula, Dilma e Wagner, lembrou da tradição de lutas da segunda maior cidade do estado e ressaltou importância de ter o apoio do povo feirense: “Feira de Santana tem uma tradição libertária, foi aqui onde se formou um grande foco de resistência à ditadura, que contava com a liderança do saudoso Chico Pinto. Por isso, discursar aqui hoje, diante dessa multidão, tem um peso enorme e nos dá ânimo para continuar na caminhada”.

Ovacionado pelo público, que acompanhou a caminhada da Praça da Matriz até a Avenida Getúlio Vargas, passando pelas principais ruas do centro, o governador Wagner lembrou das conquistas do seu governo. “No começo, muitos não acreditavam que a Bahia pudesse mudar e hoje nós temos um estado com mais de quatro mil quilômetros de estradas novas e outros dez mil de estradas reformadas, com mais de dois milhões de pessoas atendidas pelo Luz para Todos e com 60 mil famílias beneficiadas pelo crédito rural. E, até o final do meu governo, nós teremos seis novos hospitais inaugurados. Com muito orgulho, eu posso dizer que um deles estará aqui, em Feira de Santana: o Hospital da Criança, o maior hospital pediátrico do Norte/Nordeste” afirmou.

Continuidade – O governador também comentou a importância dos cargos do legislativo para a continuidade dos projetos de governo em âmbito estadual e federal: “Hoje a Bahia tem três senadores, mas só um deles, o feirense João Durval, apóia as ações vitoriosas do governo Lula. Por isso a Bahia precisa dar a Dilma três senadores, para que ela possa contar com o apoio integral do nosso estado e para que as transformações trazidas pelo governo Lula continuem a acontecer”.

Jaques Wagner ironiza

O governador e candidato à reeleição Jaques Wagner ironizou hoje (23), à tarde, em Feira de Santana, a postura dos adversários que criticavam a construção do Hospital da Criança, que será inaugurado na cidade. “Eles diziam que Feira não precisava de um Hospital da Criança. Agora quero ver o que eles vão falar sobre a obra, que será o maior hospital de todo Norte e Nordeste”, afirmou. Wagner ressaltou também a importância da escolha da cidade para abrigar a primeira caminhada da campanha. “Feira é o portal do sertão e foi escolhida para abrir a campanha nas ruas pela sua importância”, disse.

Cerca de três mil pessoas, acompanharam o governador e a chapa majoritária da coligação “Pra Bahia Seguir em Frente”, com Otto Alencar, candidato a vice, Lídice da Mata e Walter Pinheiro, candidatos ao Senado. Candidatos à Assembléia Legislativa e Câmara Federal, além de prefeitos de cidades vizinhas, também participaram do evento.

O governador voltou a falar sobre sua presença em debates. Wagner reafirmou que vai participar de todos os confrontos em rádio e TV, mas que, diferente dos demais candidatos, ele ocupa duas funções. “Eu não sou apenas candidato, eu também sou governador e preciso conciliar as duas ocupações”, reiterou. Wagner pediu a militância que, mesmo com boa posição nas pesquisas, destine toda sua energia para ajudar sua candidatura. “Sapato alto só fica bom em nossas mulheres quando elas saem para um casamento ou baile”, brincou.

Sobre Carlos Augusto 9652 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).