Brasil x Holanda: disputa pela semifinal será definida hoje às 11 horas

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Brasil x Holanda disputa pela semifinal será definida hoje às 11 horas.
Brasil x Holanda disputa pela semifinal será definida hoje às 11 horas.
Brasil x Holanda disputa pela semifinal será definida hoje às 11 horas.
Brasil x Holanda disputa pela semifinal será definida hoje às 11 horas.

Jogo 57 – Quartas-de-Final – 02 Julho | Árbitro Yuichi NISHIMURA (JPN) | Nelson Mandela Bay | Port Elizabeth – Estádio Port Elizabeth.

Brasileiros e holandeses já nem se surpreendem mais pelo fato de avançarem de forma invicta. Com a liderança de seus grupos na primeira fase na África do Sul 2010, os dois têm feito jus à condição de favoritos que ganharam desde suas campanhas excelentes nas eliminatórias continentais. Nesta sexta-feira, porém, um dos dois voltará para casa antes das semifinais.

O jogo

Holanda x Brasil, Quartas de final, Nelson Mandela Bay/Port Elizabeth – sexta-feira, 2 de julho, 16h locais (11h de Brasília)

Considerados favoritos antes do início da Copa do Mundo da FIFA por causa de suas campanhas excelentes nas eliminatórias, Brasil e Holanda garantiram vaga nas oitavas de final com uma rodada de antecedência, lideraram seus grupos com relativa tranquilidade e vêm de boas vitórias no primeiro duelo eliminatório: enquanto os holandeses tiveram dificuldade para bater a surpreendente Eslováquia por 2 a 1, a Seleção passou pelo Chile como quis ao fazer 3 a 0.

Brasil e Holanda não são adversários dos mais recorrentes, mas têm tradição de se encontrarem em ocasiões decisivas. Nas três vezes em que se enfrentaram em Copas do Mundo, uma das duas equipes saiu eliminada: em 1974, a Laranja Mecânica de Johan Cruyff fez 2 a 0 e mandou o então campeão mundial Brasil de volta para casa; já nas edições de 1994 e 98, foram os brasileiros que levaram a melhor, respectivamente nas quartas de final e semifinais.

Famosos historicamente por seu futebol ofensivo, flertando às vezes até com a irresponsabilidade, tanto brasileiros quanto holandeses hoje têm outra cara. A mesma cara: de uma equipe sólida, com habilidade e velocidade na frente, mas que prefere esperar pela ação do adversário para usar essa arma nos contra-ataques. O duelo, além de ser decidido no talento de gente como Kaká, Arjen Robben, Dirk Kuyt e Robin Van Persie, promete entrar na esfera tática de Dunga e Bert Van Marwijk.

O duelo

Arjen Robben x Kaká

Tanto holandeses quanto brasileiros chegaram à África do Sul preocupados com relação à saúde de seus principais ídolos: enquanto Robben se lesionou num amistoso de preparação diante da Hungria, Kaká vinha sentindo problemas no púbis ao longo de toda sua temporada no Real Madrid – justamente o clube que Robben deixou para se juntar ao Bayern de Munique. Uma vez começada a Copa, porém, os dois embalaram: o brasileiro já deu três assistências em três jogos, enquanto Robben jogou sua primeira partida como titular nas oitavas de final diante da Eslováquia e não decepcionou, marcando o gol que abriu o placar.

O número

33 — É o número a que se chega ao se somarem as séries invictas das duas equipes. Os holandeses não perdem há 23 jogos, desde um amistoso diante da Austrália num longínquo setembro de 2008. Já o Brasil soma dez partidas invicto, desde 11 de outubro de 2009, quando perdeu para a Bolívia em La Paz – quando a equipe já estava classificada e jogou com uma equipe mista.

O que eles disseram
“Enfrentar o Brasil é um tremendo desafio para nós, mas seguimos concentrados em conquistar nosso objetivo, que é o titulo mundial. Os brasileiros têm uma equipe madura e sólida, que transmite uma forma positiva de arrogância, um ar de que é imbatível. Pela primeira vez, a Holanda não sai como favorita numa partida”
Bert Van Marwijk, técnico da Holanda

“É difícil que Brasil e Holanda joguem atrás. A Holanda tem um jeito de jogar mais ou menos como o nosso: um time que busca o jogo. As partidas de quartas de final são sempre muito estudadas, às vezes até presas.” Vamos tentar marcar um gol no primeiro tempo, para jogarmos mais soltos.”
Juan, zagueiro do Brasil

O que vocês disseram

“Jogo duro e difícil, com atenção aos detalhes, pois eles vão decidir a partida, Se de um lado a Holanda vem bem, do outro, além da camisa respeitadíssima por 5 copas, o Brasil tem um contra ataque terrivelmente perigoso e, ao contrário de outras seleções que têm um jogador que desequilibra, temos vários… Jogão de bola!”

Lista das Equipes

Brasil

1 JULIO CESAR

12 GOMES

22 DONI

2 MAICON

3 LUCIO

4 JUAN

6 MICHEL BASTOS

13 DANI ALVES

14 LUISAO

15 THIAGO SILVA

16 GILBERTO MELO

5 FELIPE MELO

7 ELANO

8 GILBERTO SILVA

10 KAKA

17 JOSUE

18 RAMIRES

19 JULIO BAPTISTA

20 KLEBERSON

9 LUIS FABIANO

11 ROBINHO

21 NILMAR

23 GRAFITE

Holanda

1 Maarten STEKELENBURG

16 Michel VORM

22 Sander BOSCHKER

2 Gregory VAN DER WIEL

3 John HEITINGA

4 Joris MATHIJSEN

5 Giovanni VAN BRONCKHORST

12 Khalid BOULAHROUZ

13 Andre OOIJER

15 Edson BRAAFHEID

6 Mark VAN BOMMEL

8 Nigel DE JONG

10 Wesley SNEIJDER

14 Demy DE ZEEUW

18 Stijn SCHAARS

20 Ibrahim AFELLAY

23 Rafael VAN DER VAART

7 Dirk KUYT

9 Robin VAN PERSIE

11 Arjen ROBBEN

17 Eljero ELIA

19 Ryan BABEL

21 Klaas Jan HUNTELAAR

Grupos

Grupo A

Equipe J V E D GF GC Pts

Uruguai 3 2 1 0 4 0 7

México 3 1 1 1 3 2 4

África do Sul 3 1 1 1 3 5 4

França 3 0 1 2 1 4 1

Grupo B

Equipe J V E D GF GC Pts

Argentina 3 3 0 0 7 1 9

Coreia do Sul 3 1 1 1 5 6 4

Grécia 3 1 0 2 2 5 3

Nigéria 3 0 1 2 3 5 1

Grupo C

Equipe J V E D GF GC Pts

EUA 3 1 2 0 4 3 5

Inglaterra 3 1 2 0 2 1 5

Eslovênia 3 1 1 1 3 3 4

Argélia 3 0 1 2 0 2 1

Grupo D

Equipe J V E D GF GC Pts

Alemanha 3 2 0 1 5 1 6

Gana 3 1 1 1 2 2 4

Austrália 3 1 1 1 3 6 4

Sérvia 3 1 0 2 2 3 3

Grupo E

Equipe J V E D GF GC Pts

Holanda 3 3 0 0 5 1 9

Japão 3 2 0 1 4 2 6

Dinamarca 3 1 0 2 3 6 3

Camarões 3 0 0 3 2 5 0

Grupo F

Equipe J V E D GF GC Pts

Paraguai 3 1 2 0 3 1 5

Eslováquia 3 1 1 1 4 5 4

Nova Zelândia 3 0 3 0 2 2 3

Itália 3 0 2 1 4 5 2

Grupo G

Equipe J V E D GF GC Pts

Brasil 3 2 1 0 5 2 7

Portugal 3 1 2 0 7 0 5

Costa do Marfim 3 1 1 1 4 3 4

Coreia do Norte 3 0 0 3 1 12 0

Grupo H

Equipe J V E D GF GC Pts

Espanha 3 2 0 1 4 2 6

Chile 3 2 0 1 3 2 6

Suíça 3 1 1 1 1 1 4

Honduras 3 0 1 2 0 3 1

 

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10043 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).