Confira coluna de Antônio José Larangeira de 17 junho de 2010

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Suplentes de Ronaldo

Em  declaração à mídia de Feira de Santana, o ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho  deixou claro de que não vê possibilidades de ter suplentes feirenses na sua candidatura ao Senado Federal nas próximas eleições. O assunto, segundo consta, está sendo estudado e o mesmo afirmou de que vem ouvindo políticos e pessoas de várias regiões da Bahia, com o apoio do ex-governador Paulo Souto. Os seus suplentes deverão ser de outras cidades, para aglutinar mais apoios.

Índio prestigiado

Parceria para fortalecer a política de permanência de alunos indígenas, já desenvolvida pela UEFS, poderá ser firmada por esta e a Funai. O assunto foi tratado em reunião ocorrida na sexta-feira da semana passada no campus universitário, entre o vice-reitor Washington Almeida Moura, o representante da Coordenação de Educação Indígena da Funai, Gustavo Almeida, e representantes de comunidades indígenas. As ações afirmativas da Uefs voltadas para os alunos indígenas foram consideradas, pelo representante da Funai, como um exemplo para outras universidades. O líder indígena, entusiasmado, afirmou que a Uefs é a única instituição do país a oferecer residência exclusiva para o índio, contribuindo para a inserção social de grupos historicamente excluídos. São 50% das vagas para alunos que tenham cursado todo o ensino médio e pelo menos dois anos da 5ª a 8ª série na rede pública. Destas vagas, 80% são destinadas a alunos que se declararem afro-descendentes. Além disso, são destinadas duas vagas a mais, por curso, para alunos de comunidades indígena e quilombola.

Encontro da Mídia

O Núcleo de Antropologia da Imagem e História Visual (NAVH) da Faculdade da Cidade, em Salvador, promove o I Encontro Mídia, Educação e Direitos Humanos. O evento contará com palestras e apresentação de trabalhos dos docentes e alunos da Instituição, durante os turnos matutino e noturno, do dia 17 de junho, no auditório do edifício Nobre. A mesa-redonda, intitulada “A defesa dos Direitos Humanos na Contemporaneidade e o papel de sensibilização da Mídia” será realizada às 9h e a mesa-redonda de encerramento do evento, intitulada “Mídia, Educação e Direitos Humanos”, acontecerá às 19h.

Festa cultural

A Federação das Academias de Letras e Artes da Bahia , a Academia de Cultura da Bahia , a Faculdade 2 de Julho , a Faculdade Hélio Rocha , a Associação Comercial da Bahia , o Instituto Genealógico da Bahia, a Associação Cultural Caballeros de Santiago, a Associação dos Amigos de Castro Alves e a BSGI – Brasil Soka Gakay International convidando para a solenidade de posse e homenagens a ilustres notáveis em suas respectivas áreas – cujo evento ocorrerá no dia 30 de julho próximo a partir das 17 horas no Auditório Baker da Faculdade 2 de Julho, em Salvador. Receberão diplomas : Adalgisa Nady Aras de Macedo, Antônio da Conceição (Bule-Bule), Lauro Pinho, Luiz Wendhausen, Prof. Marival Chaves, Maria José Paes, Noemia Meireles (Morgana Gazel), Rita Pernet Matos, Rafael Lopes Silva, Rita Mendonça, Rosane Rubin, Sérgio Pinho, Walter Ferreira de Macedo. Membros honorários: Argentino San Roman (escritor espanhol, representante da Galícia na Bahia), Antônio Jorge Barbosa (acadêmico, defensor do Projeto SOS Amazônia, diretor da Fundação João Fernandes da Cunha), Antônio José Larangeira (jornalista, acadêmico, articulista da TRIBUNA DA BAHIA), Maria Arlinda Moscoso (advogada, secretária executiva da ACB, poetisa e artista plástica), Carlos Pitta (cantor, escritor, produtor, compositor), Carlos Pronzato (destaque Cineasta do Ano, Honra ao Mérito pela exibição e aplauso na Academia Brasileira de letras (RJ) do documentário E. da Cunha na Bahia, baseado no livro homônimo do acadêmico Oleone Coelho Fontes), Claudelino Miranda, Eldon Canário (jurista, escritor, cantor, mestre e doutor sobre a saga de Canudos, onde nasceu), Elliane Quadros (psicóloga, professora universitária – UNEB, escritora, conferencista especializada em Inteligência Emocional e Coach), Gumercindo da Rocha Dórea (escritor e editor da GRD – projeção nacional), Germano Machado (Pres. do CEPA, professor universitário, filósofo e acadêmico), João da Costa Falcão (escritor, jornalista, fundador do histórico JORNAL DA BAHIA), José Raimundo Fontes (Prof. Universitário – UESB –, ex-prefeito de Vit. da Conquista), José Fernando Nascimento (engenheiro civil, diretor da  Associação dos Amigos de Castro Alves), Jerusa Mª. Ferreira de Souza (escritora, poetisa, exemplo de superação, professora do método Braile para deficientes visuais), Lina Aras (doutora em história, profª. universitária, diretora de Faculdade (UFBª)), Lélia Vitor Fernandes de Oliveira (educadora, escritora, pres. da Academia de Letras e Artes de FS – BA), Rozendo Ferreira Neto (advogado e professor, coordenador, diretor da Academia de Letras e Artes do Salvador , estimulador do Terço dos Homens no Colégio das Sacramentinas), Roque Aras (ex-deputado federal, juiz federal aposentado, jurista militante), Sérgio Habib (diretor da Associação dos Advogados Criminalistas da Bahia, diretor jurídico da Academia de Cultura, advogado militante e prof. de Direito), Telma Moutinho Ferreira (acadêmica, responsável por pesquisa e intercâmbio da ACB junto aos EUA, Zé Neto (jurista e deputado estadual); membros beneméritos:  ex-reitores: Geraldo Leite (médico, prof. catedrático de medicina, acadêmico, ex-reitor da UEFS); Josué da Silva Mello (Mestre em educação, cientista político e ex-reitor da UEFS; Waldenor Pereira (economista , DEA em gestão pública pela Universidade Complutense de Madrid, Espanha, ex-reitor da UESB, líder do governo da Bahia na Assembléia Legislativa).

Curso

O próximo encontro do Curso Conversando com sua História, receberá o antropólogo Luiz Roberto de Barros Mott, no dia hoje, às 17h, no auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris), na cap. O professor do Departamento de Antropologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Luiz Mott afirma que apesar do esforço, o projeto jamais veio a concretizar-se, pois teria sido a ruína da pungente economia açucareira, “mesmo sem um tribunal local, a Santa Inquisição foi nosso mais temido “bicho papão” durante todo o período colonial”, resumiu.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos: 

Jornal Grande Bahia,

Tribuna da Bahia e

Notícias da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Antonio José Larangeira 3135 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]